Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/02/2011 - Valor Econômico Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Anefac critica falta de transparência no caso PanAmericano

Por: Vanessa Dezem


SÃO PAULO - Faltam informações e transparência no caso do banco PanAmericano. A afirmação é do diretor de economia da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Roberto Vertamatti.

Segundo o especialista, o mercado ainda espera o esclarecimento de muitas questões que envolveram o rombo da instituição, agora estimado em R$ 4 bilhões.

O caso colocou luz sobre a capacidade de as auditorias em captarem fraudes. Vertamatti afirma que tem caído a qualidade dos trabalhos das auditorias no Brasil, diante da pressão sobre os custos dos serviços, que têm sido remunerados de forma insuficiente.

"Hoje a auditoria está muito mais voltada para cumprir procedimentos, do que fazer a função de auditar propriamente", acrescentou um executivo do setor, que preferiu não se identificar.

Vertamatti criticou também o sistema de rodízio obrigatório de auditorias, a cada cinco anos, para as companhias abertas. Ontem, a presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Maria Helena Santana, informou que o sistema será mantido, exceto para as instituições financeiras, cuja substituição obrigatória foi eliminada pelo Banco Central em 2008.

"Sou contra o rodízio. Ele vai continuar pressionando o auditor a fazer um serviço rápido. As próprias auditorias já fazem rodízio de seus técnicos", enfatiza Vertamatti.

O presidente da empresa de auditoria Directa, Ernesto Rubens Gelbcke, por outro lado, lembra que o mercado está muito concentrado nas grandes auditorias e o rodízio gera a oportunidade de as demais companhias atuarem.

A CVM divulgou na sexta-feira que incluiu as empresas de auditoria no Plano Bienal de Supervisão Baseado em Risco, o que promove a inspeção mais intensa das atividades dessas instituições.

Ontem, foi fechada a venda do banco para o BTG Pactual, que passa a ser responsável pela dívida do PanAmericano com o Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

A Anefac anunciou hoje sua nova diretoria. O presidente para a gestão 2011 da associação será João Carlos Castilho Garcia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 152 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal