Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/02/2011 - ES Hoje Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe milionário impressiona a polícia

Por: Dalila Travaglia

Mais de R$ 20 milhões estão nas negociações ilícitas e mais de 40 vítimas.

Através da Operação 'Sonho de Verão', a Policia Civil do Espírito Santo desarticulou a maior quadrilha de estelionatários do país, segundo o delegado responsável pelo caso Gilson Gomes. A vítima era convencida a comprar um carro zero e a fazer parte de um esquema de alugueis de veículos. O golpista afirmava ter parceria com o Governo do Estado. Além da compra do carro e a dívida com o financiamento, a vítima ainda pagava o que o estelionatário chamava de "merenda", no valor aproximado de R$ 5mil. Com a proposta de uma renda mensal de R$ 8mil.

Apenas um integrante do esquema foi detido. Natural do Rio de Janeiro, o segurança por profissão, Luiz Renato Pereira da Costa, 37 anos, foi preso na tarde de segunda-feira (31) em um Hotel em Vila Velha. A polícia desconfia de oito pessoas, e garante que continuará as investigações. O acusado será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Viana (CDPV).

Impressionado com a grandiosidade do golpe, o delegado afirma que nos últimos 100 anos, no Estado e no Brasil, nunca se viu um crime dessa magnitude no campo do estelionatário. Foram mais de 40 vítimas e cerca de 200 carros na negociação, que somam um valor aproximado de R$ 20 milhões. Parte do dinherio ilícito foi apreendido e contas bancárias serão investigadas. Além do Espirito Santo, os golpistas agiam em Minas Gerais e no estado de origem do acusado (RJ). Uma única vítima carioca possuía 30 carros no esquema.

Os policias arriscam dizer que as fraudes aconteciam há cerca de três meses. Os carros eram todos de luxo, e ficavam há um mês num imóvel comercial em Bairro de Fátima, na Serra. Na manhã desta terça-feira (01), os policias invadiram o local, dez carros estavam no pátio. A empresa chama-se Vitória Car, e segundo informações do delegado, tem filial em Linhares.

Não existiam contratos, as negociações eram "de boca". "Ter lábia e convencimento, além de criar expectativa do lucro para o outro, essa é a característica mór de um estelionatário. O outro se descuida, fica negligente, enche os olhos e alimenta o golpe", descreve o delegado Gilson Gomes.

O proprietário do imóvel onde estavam os veículos, Jadilson de Araújo, contou que o contrato de locação foi assinado há um mês, no nome de Cleverson Antônio Beseghini Galvani. Afirmou que foi feito a consulta de crédito e tudo estava certo com o nome. O aluguel no valor de R$ 3 mil já havia sido pago. Os policias afirmaram que vão investigar a identidade do inquilino.

Outro golpe

Na agenda do acusado, Luiz Renato Pereira da Costa, foi encontrado um manuscrito, que seria o rascunho para um possível anúncio de classificados. A intenção era ganhar dinheiro e benefícios com as chuvas que acometeram o Rio de Janeiro. Além de fornecer o endereço para a entrega de donativos, segue também o número de uma conta bancária e a agencia.

"A Vitória Car, empresa no ramo de locação de veículos, está arrecadando donativos para os desabrigados das chuvas da cidade de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro (roupas e alimentos não perecíveis). Os donativos devem ser encaminhados para nossa sede: Rua José Rato, 480 - Bairro de Fátima. Vamos ajudar nossos irmãos".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1014 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: leonardo a. Innocente - 07/02/2011 16:27

Impressionante! E tem mais, logo abaixo noutro link deste Clipping, tem mais de 200 outras vítimas.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal