Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/01/2011 - Jornal Floripa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Prefeito de cidade do Piauí é solto apesar de acusação de fraude

Valdir Soares Costa, do PT, teria desviado R$ 3,5 milhões do Município de Uruçuí. A população do local sofre com os problemas enfrentados na educação e na saúde. Ele se declarou inocente.

Uma cidade do estado do Piauí que teve o prefeito preso recentemente por suspeita de fraude com dinheiro público enfrenta problemas na educação e na saúde. Exatamente as áreas apontadas pela investigação como fontes dos recursos desviados.

O Município de Uruçuí é um dos maiores produtores de soja do Nordeste. Mas a riqueza que sai da zona rural ainda não chegou às escolas.

Seu João é agricultor e cedeu um galpão de palha para que os alunos não ficassem sem estudar. Antes de ser uma escola, no local ficava uma criação de galinha do Seu João.

Agora os alunos estão de férias, mas no espaço funcionam cinco salas de aula separadas por pedaços de madeira. Em um canto, por exemplo, fica a biblioteca.

"Mais de 250 alunos vindo aqui, estudando de manhã, meio-dia e de noite", informa um agricultor.

Os alunos menores ficam na varanda da casa. “Isso aqui é a minha escola”, conta um menino.

O atendimento médico também é motivo de críticas. Socorro é mãe de oito filhos e o mais novo, de dois meses, está doente.

"Está com oito dias que ele passou mal, teve esse problema de convulsão após a vacina e até agora está sem atendimento médico", conta a dona de casa Socorro Pereira.

Alcilane diz que nem morando ao lado do posto de saúde consegue ser atendida. "Está com seis meses que não está tendo médico, nem enfermeiro. Não tem", reclama.

No único hospital da cidade, os pacientes se queixam da falta de médico. Elisandra está internada com infecção respiratória.

"A enfermeira aplica injeção em mim pra baixar a febre, por conta dela e por minha conta. Porque não tem nada prescrito, o médico não apareceu mais", relata a dona de casa Elisandra dos Santos.

O prefeito do município, Valdir Soares Costa, do PT, é médico e atendia no hospital. Na semana passada, foi preso numa operação que investiga o desvio de recursos federais da saúde e da educação em 12 municípios do Piauí.

Segundo a Polícia Federal, o total desviado em Uruçuí pode chegar a R$ 3,5 milhões. Os acusados usavam notas fiscais frias para justificar os gastos.

"Além do desvio do recurso propriamente dito, nós temos aí todo um prejuízo para o cidadão, um impacto tremendo na vida daquela sociedade, daquela comunidade que perde o direito de ter acesso a uma saúde, uma educação de qualidade em razão dos desvios praticados", declara Luís Fernando Menescal, chefe da Controladoria Geral da União.

O prefeito de Uruçuí já foi solto. Ele declarou que a comunidade rural mostrada na reportagem vai ganhar uma escola no fim de fevereiro. Disse ainda que é difícil encontrar médicos para trabalhar em cidades do interior. Sobre as denúncias de desvio de dinheiro, o prefeito afirmou que é inocente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 120 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal