Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/01/2011 - Correio Popular RO Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Comércio cai no golpe do cheque clonado


Nos últimos dias, alguns estabelecimentos de Ji-Paraná caíram no golpe do cheque clonado. O golpe é conhecido, por isso mesmo andava sumido, porém, quatro denúncias seguidas de cheques de pessoas físicas e jurídicas da cidade, que foram clonados e aplicados no comércio de Ji-Paraná e Cacoal.
Segundo informações da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), os locais que receberam cheques clonados foram lojas de sapataria e selaria, supermercados e unidades do Sistema S.
Edir Ferreira, atendente do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) recomendou que o comerciante tome algumas precauções antes de receber um cheque. “Para garantir boa procedência ao cheque é necessário sempre consultar o SPC, mesmo que no sistema ele não esteja negativado, vão constar informações importantes, que devem ser levadas em conta na hora de aceitar ou não o cheque como pagamento”, alertou.
Outra recomendação importante dada pelo CDL é que rasuras no número do cheque ou assinaturas que cubram o número de identificação do pagador (CPF ou CNPJ) são sinais importantes a serem melhor analisados pelo o cliente.
A atendente também contou que este tipo de crime tem algumas peculiaridades. “Clonagem de cheque é categorizado como fraude contra o sistema financeiro, sendo que o banco é a vítima e responsável pelo acionamento da justiça. Caso o banco desconte o cheque, ele é obrigado a repor o valor na conta da vítima do golpe, se o comerciante receber o cheque e o banco perceber a fraude, ele é quem fica com o prejuízo”, detalhou Edir.
Daniele Nunes, administradora da CDL, relatou que “nos 4 casos que chegaram à CDL, os cheques estavam com pequenas rasuras, quase imperceptíveis, e assinaturas grandes e rabiscadas, por isso é importante ter atenção na hora de receber um pagamento em cheque”.
Outra recomendação dada por Daniele é que em casa de alguma desconfiança, o comerciante pode consultar o SPC. “A CDL de Ji-Paraná está sempre à disposição para atender estas consultas. Essa é uma das formas de se ter uma resposta com antecedência”, garantiu a administradora da CDL. Um dos cheques ‘dublados’ chegou a ser descontado no banco, que depois descobriu a fraude e Devolveu o dinheiro para a conta a vítima do golpe, que preferiu não se identificar, uma vez que não teve prejuízos financeiros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 312 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal