Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/01/2011 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher que recebia salário da tia que morreu há 12 anos é presa em Sergipe


ARACAJÚ - O Departamento Especializado em Falsificações e Defraudações (DEFD) da Polícia Civil prendeu no final da manhã desta quarta-feira, 26, a estelionatária Efigênia Matias Santos Rodrigues, 40 anos, que vinha aplicando um golpe no tesouro do Estado há mais de 12 anos. Segundo a delegada Maria Pureza, a acusada recebia mensalmente, por meio de um procuração falsificada, o salário da funcionária da Secretaria de Estado da Educação, Helena Cardoso Daltro, que faleceu em 1997.

De acordo com as investigações, a acusada conseguia renovar anualmente a procuração na Secretaria de Administração, utilizando as digitais da própria mãe, que é cunhada de Helena.

- A mãe dela sempre colocava as digitais no documento enganada e além do mais é analfabeta e idosa e também depende da filha - explicou a delegada.

De posse da procuração e de todos os documentos pessoais da vítima, ela conseguia renovar a documentação e recebia autorização para retirar o dinheiro. A delegada explica que Efigênia estava sendo investigada por outro crime de estelionato praticado contra um vizinho, no bairro Porto Dantas, zona norte de Aracaju.

- O vizinho a denunciou porque ela pegou o seu comprovante de residência, contracheque e demais documentos pessoais alegando que iria arrumar um emprego para ele, mas acabou fazendo um cartão de crédito e utilizando todo o limite - disse a delegada.

No decorrer das investigações deste crime, a polícia encontrou com Efigênia vários documentos de sua tia Helena e descobriu que ela havia morrido há 12 anos. A acusada vai responder pelos crimes de uso de documento falso, falsidade ideológica e estelionato. A vida de golpes de Efigênia terminou nesta terça-feira na agência do Banese do calçadão da rua João Pessoa, centro de Aracaju, quando saia do banco com o salário da tia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 145 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal