Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/01/2011 - O Liberal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MPF vai investigar fraude no INSS

Por: Anderson Botan


O procurador da República Paulo Gomes Ferreira Filho instaurou ontem Inquérito Civil Público para investigar denúncias de fraude no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) de Sumaré. A portaria foi divulgada no DOU (Diário Oficial da União). O inquérito dá sequência ao procedimento preparatório feito pela Procuradoria da República de Campinas do MPF (Ministério Público Federal), que recebeu denúncias de possíveis fraudes na concessão de benefícios por servidores da previdência do município.
Na investigação, o MPF vai analisar se ocorreu prática de improbidade administrativa destes servidores na concessão dos benefícios de maneira irregular. De acordo com a portaria publicada ontem, diante dos fatos relatados no procedimento preparatório, não havia motivos para que fosse arquivado. Por isso, o procurador deu sequência ao pedido.
Com o inquérito, novas diligências para obtenção de provas devem ser feitas na agência da previdência, que fica na região central.
Em junho de 2009, pelo menos dez pessoas foram presas pela Polícia Federal na Operação El Cid, que identificou e reprimiu fraudes previdenciária realizadas pela internet com prejuízo de R$ 5 milhões para a Previdência. Na operação, foram feitas busca e apreensão em Sumaré e também em Hortolândia. Na época, já era investigada a possibilidade de servidores estarem envolvidos nas fraudes.

ALICIAMENTO

Os membros da organização criminosa aliciavam pessoas que queriam obter indevidamente benefícios previdenciários e com declarações falsas passavam a ser segurados do INSS, aumentando tempo ou valor da contribuição para requerer benefícios como auxílio-doença.
A reportagem procurou o INSS para obter informações sobre o caso. Em nota, o órgão informou que teve conhecimento somente ontem do inquérito aberto para apurar as denúncias por meio da publicação no DOU.
O INSS afirma não ter ciência dos detalhes desta ação, que também não foram repassados pela Procuradoria à reportagem do LIBERAL e que, por isso, não vai se pronunciar até que seja notificado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 426 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal