Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/01/2011 - Brazilian Voice Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-pastor é condenado por “vender” Green Cards a imigrantes em NJ

Por: Leonardo Ferreira

Enoc Tito Sotelo, 51 anos, pode ser condenado até 90 anos de prisão e sua esposa, Vereli Sotelo, 37 anos, até 30 anos de detenção.

Semana passada, o ex-pastor do Exército da Salvação Enoc Tito Sotelo, 51 anos, e sua esposa foram condenados por extorquirem milhares de dólares de mais de uma dúzia de imigrantes ilegais, segundo Albert Cernadas Jr., primeiro assistente da Promotoria Pública do Condado de Union.

Enoc foi considerado culpado de 17 acusações de roubo através de fraude e 1 acusação de conspirar para cometer fraude, disse Ann Rubin, assistente da Promotoria Pública responsável pelo cargo, juntamente com o também assistente Joshua McMahon. A esposa do réu, Vereli Sotelo, 37 anos, foi considerada culpada de 6 acusações de conspirar para cometer roubo através de fraude, disse Rubin.

Sotelo administrava um esquema no qual prometia “ajudar” imigrantes ilegais a obterem o Green Card (Residência permanente) através de um advogado na Flórida, cobrando cerca de US$ 4 mil de cada vítima. Segundo o ex-pastor, a quantia era utilizada para pagar as despesas com a viagem e documentos, detalhou Rubin.

Além disso, ele dizia que US$ 500 de cada pagamento seria destinado ao Salvation Army, disse Rubin. Tais pagamentos nunca ocorreram e nenhuma das 15 vítimas recebeu os Green Cards, disse ela.

Oscar Ruiz, o suposto advogado, nunca foi advogado e assumiu a culpa de roubo através de fraude, segundo a Promotoria Pública.

A fraude foi descoberta quando algumas das vítimas reclamaram com Flor Gonzalez, uma ativista comunitária local, que denunciou o esquema ao Departamento de Polícia de Plainfield (NJ).

Enoc Sotelo pode ser condenado até 90 anos de prisão e sua esposa, Vereli Sotelo, até 30 anos de detenção, disse Rubin. Ambos serão sentenciados em 29 de abril na Corte Superior em Elizabeth.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 252 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal