Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/01/2011 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Idosa é vítima de golpe da ‘Mega’

Por: Francis Amorim


Não é de hoje que o golpe vem sendo aplicado, mas algumas pessoas ainda são vítimas ao tentar levar vantagem e acabam, na verdade, lesadas por estelionatários de plantão nas portas de bancos ou casas lotéricas. Em Barra do Garças (520 quilômetros da Capital), uma dona-de-casa de 62 anos, cuja identidade está sob sigilo a pedido, teve um prejuízo de R$ 7 mil ao cair no famoso e conhecido golpe da Mega-Sena premiada.

A vítima foi abordada na saída da Caixa Econômica Federal (CEF) por um desconhecido sob o pretexto de desconhecer um referido endereço e, na realidade, acabou no golpe do bilhete premiado. O golpista contou com a conivência de uma mulher, supostamente desconhecida, mas a serviço do crime. Depois de se dizer impossibilitado de receber o tal prêmio, o estelionatário passou a colocar o plano em prática com a ajuda da companheira.

De acordo com a vítima, o golpista a fez sacar R$ 7 mil de sua conta bancária com a promessa de depósito de uma quantia de R$ 2 milhões da aposta na Mega-Sena e “gorda” recompensa pelos serviços. “Como garantia ele exigiu esse valor e foi aí que os dois conseguiram me prejudicar”, disse a vítima ao delegado titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DEF), João Pessoa Moraes Filho.

A vítima relatou na DERF que agiu de boa-fé, sem imaginar que estava sendo vítima de uma armação. “Eles até se ofereceram para guardar o dinheiro em local seguro, mas estavam mesmo era me distraindo para aplicar o golpe. Quando percebi estava com um amontoado de papéis achando que se trava do meu dinheiro”, disse. Ela frisou também que a mulher se identificou como Marlene.

“É preciso o máximo de cautela nessa hora. Não confiar em ninguém e, principalmente, cair nesse golpe que já é bastante conhecido”, disse o delegado, informando que imagens do circuito de monitoramento instalado nas proximidades onde ocorreu o fato serão usadas para tentar identificar os golpistas. “Abrimos investigação. A vítima nos passou as características e aconselhamos que as pessoas tenham mais cuidado ao ser abordadas durante as saídas de bancos”, disse João Pessoa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 161 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal