Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/01/2011 - Agência Estadual de Notícias PR Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende estelionatária que aplicou golpe do consórcio premiado


Policiais do 9º Distrito (Santa Quitéria), em Curitiba, prenderam, no aeroporto Afonso Pena, na manhã de segunda-feira (17) uma mulher suspeita de aplicar golpes com cartas de crédito falsas do consórcio Rodobens. Flávia Rodrigues Diniz de Almeida, 39 anos, foi presa enquanto tentava embarcar em um dos vôos com destino a São Paulo. Os primeiros levantamentos mostram que os prejuízos das vítimas pode passar de R$ 200 mil.

Segundo a polícia, desde 2006 ela se passava por funcionária do Consórcio Rodobens. Várias queixas foram registradas e desde essa época ela estava foragida. Com um contrato original de consórcio de imóveis, ela vendia e fazia adulterações das cotas que eram falsamente contempladas. De cada vítima eram recolhidos 10% sobre o valor total do bem que nunca chegava ás mãos dos consorciados.

Flavia arrecadou cerca de duzentos mil reais somente de vítimas já identificadas pela polícia. O golpe se estendia às cidades do litoral, Ribeirão do Pinhal, no interior do estado, e a Caçador (SC). Após juntar todas as evidências, a polícia descobriu que Flavia estava morando em Porto Belo (SC) e que nesta terça-feira iria embarcar no Aeroporto Afonso Pena com destino a capital paulista.

De acordo com as investigações, Flavia contou com o apoio da sua mãe, Áurea Rodrigues Diniz, que divulgava o trabalho da filha e induzia a aquisição do suposto consórcio. Parte das vítimas tinha grau de parentesco ou relacionamento amoroso com a golpista. Uma das suas irmãs ficou com um divida superior a R$ 50 mil. Uma tia responde a nove processos provenientes dos seus golpes.

Com um mandado de prisão expedido pelo juiz Pedro Luis Sanson Corat, da Vara de Inquérito Policiais, os agentes conseguiram surpreender a golpista antes do embarque. Após prestar depoimento Flavia foi indiciada por estelionato e ameaça. Ela esta presa no Setor de Carceragem Temporária do distrito enquanto aguarda decisão da Justiça.

As investigações continuam para apurar a dimensão dos golpes aplicados. Quem tiver alguma informação deve procurar o 9º Distrito Policial na avenida Arthur Bernardes, 375, Santa Quitéria ou telefonar para o número 3242-1312.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 252 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal