Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/01/2011 - cidadeverde.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Funcionário público tem cartão clonado e perde R$ 890

Por: Carlos Lustosa Filho

Servidor tem conta na Caixa Econômica Federal. Agência deve devolver dinheiro sacado em banco 24h.

O funcionário público da Secretaria de Fazenda, João José da Silva, tomou um susto na manhã desta terça (18) ao acessar sua conta bancária da Caixa Econômica. Ele deu pela falta de R$ 890 de sua poupança e desconfia que seu cartão tenha sido clonado.

“No domingo às 11h eu fiz um saque de R$110 e sempre uso os caixas eletrônicos da minha agência na Piçarra. Hoje quando cheguei para sacar o restante do dinheiro, senti falta de quase R$ 900. Acredito que clonaram o meu cartão”, disse.

O funcionário diz que seu extrato aponta que o dinheiro foi sacado de um banco 24h. Ele disse ter informado à Caixa que se prontificou a devolver o dinheiro. “Para me certificar, vim prestar queixa na delegacia, depois vou voltar à agência para falar com o gerente que já sinalizou que irá devolver o dinheiro”, finalizou Silva, que estava no 6º DP.

O delegado Paulo Roberto, titular da Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Relações de Consumo (Deccoterc), informou ao Cidadeverde.com que os bancos sempre devem restituir as pessoas que tiveram os seus cartões clonados, e geralmente o fazem.

“A clonagem de cartão é um crime de estelionato que deve ser investigado na delegacia da área, mas se o banco se negar a devolver o dinheiro, passa a ser um caso da Deccorterc”, declara.

Segundo o delegado, a primeira providência a ser tomada é cancelar o cartão e registrar um boletim de ocorrência.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal