Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/07/2007 - Folha de Boa Vista Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Lojistas não exigem identificação para compra com cartão de crédito

Por: Élissan Rodrigues


O cartão de crédito é um dos meios de pagamento mais populares no Brasil. Mas os prejuízos causados por estelionatários utilizando cartões clonados ou roubados a lojistas de todo o país são incalculáveis.

No entanto, mesmo diante dessas ocorrências cada vez mais freqüentes, o comércio local não anda tomando os devidos cuidados na hora de aceitar o cartão de crédito como forma de pagamento. Uma das providências mais simples é a solicitação de um documento de identificação ao comprador, mas isso dificilmente ocorre em Boa Vista.

A equipe de Reportagem da Folha efetuou compras em alguns estabelecimentos comerciais utilizando um cartão de crédito de terceiros e não teve, em nenhuma das oportunidades, solicitada a identificação ou negada a compra.

Em uma loja de artigos infantis, a responsável pelo caixa indagou se o cartão era do esposo da repórter. Com a afirmação da pergunta efetuou normalmente a compra. Em outro estabelecimento de produtos variados havia um aviso no caixa solicitando identificação do cliente, mas o documento não foi pedido. Em um supermercado apesar de uma grande placa ao lado do caixa, a compra foi efetuada com tranqüilidade, sem a solicitação de algum documento de identificação. Apenas em um posto de gasolina a identificação foi solicitada, mesmo assim o frentista não procurou observar com mais atenção as informações do documento e concluiu a venda do combustível sem nenhum entrave.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que somente duas ocorrências relacionadas a estelionato com cartão de crédito aconteceram esse ano. Mas o Departamento de Defesa do Consumidor já recebeu somente em 2007, vinte reclamações envolvendo a modalidade de compra.

A diretora interina do órgão, Sâmara Mota, disse que em alguns casos o Departamento consegue que os comerciantes devolvam o valor da compra ao consumidor lesado. “É o estabelecimento que deve solicitar a identificação. O empresário deve comprovar que o cliente é realmente o dono do cartão”, enfatizou.

O presidente da Acir (Associação Comercial e Industrial de Roraima), Derval Furtado, admitiu que os comerciantes acabam vendendo sem solicitar o documento mesmo recebendo orientação contrária.

“Temos colocado constantemente avisos e recomendações sobre esse tipo de transação em nossos informativos, mas os lojistas não têm sido muito rigorosos em relação ao problema”, reconheceu.

Para o vice-presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Josiel Silva, esse problema trata-se de uma questão de hábito. “Os lojistas colocam o aviso, mas os funcionários responsáveis pelos caixas não cobram o documento”, comentou ele ao declarar que acredita que a colocação das placas com a orientação ajuda a inibir os estelionatários.

Silva informou ainda que cerca de 20% dos lojistas cobram efetivamente a identificação dos clientes nas compras com cartão de crédito. “Vamos fazer uma campanha de conscientização sobre esse problema, durante o projeto Liquida Roraima 2007 para tentar reverter essa situação”, informou.

Como proceder nas vendas com a utilização de cartão de crédito?

Exija sempre do consumidor a apresentação da carteira de identidade original ou documento com foto. Recuse fotocópias de quaisquer documentos. Observe se a foto contida no documento corresponde à pessoa que o apresenta.

Verifique se a assinatura corresponde ao documento exibido pelo consumidor e ainda se o documento exibido possui vestígios de adulteração, como por exemplo, foto soltando ou muito recente em relação ao papel do documento, data de emissão muito recente (sem constar que se trata de segunda via, quando apresentado por pessoa muito nova) e emissão em data que coincide com feriado. É importante também quando pedir autorização da administradora do cartão, anotar devidamente o respectivo número.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 371 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal