Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/07/2007 - O Rio-Sulense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fique atento aos golpes por telefone


O comerciante J.C.S, de Rio do Sul, recebeu um telefonema na semana passada. Do outro lado uma voz feminina informava que era da empresa Publicatel Publicações por Catálogos Telefônicos Ltda, de São Paulo. Ela solicitou ao comerciante que confirmasse alguns dados de sua empresa para atualização de cadastro. Pediu o número do seu CPF e o CNPJ de sua loja e ele prontamente informou. Resultado: J.C.S. recebeu, nesta semana, três boletos bancário no valor de R$ 300,00, onde dizia que se o pagamento não fosse efetuado, o título seria encaminhado ao cartório, em São Paulo, para ser protestado. Como o comerciante não havia autorizado qualquer tipo de serviço durante a conversa por telefone, resolveu procurar o Procon de Rio do Sul.

Ao dizer para a atendente do Procon qual era o nome da empresa que estava lhe cobrando, ela respondeu que ele tinha sido mais uma vítima de um golpe muito comum que a dita "empresa" vem realizando por telefone. Foi orientado a registrar queixa na delegacia e a não efetuar o pagamento da primeira parcela, pois se o fizesse estaria confirmando que assumiu compromisso com a Publicatel. Depois disso J.C.S recebeu algumas ligações com ameaças de que o título seria protestado, que aquela primeira ligação havia sido gravada, etc.

O funcionário do Procon, Rodrigo Nunes, nos informou que esse tipo de golpe vem sendo realizado desde o mês de março. O Procon atende de seis a oito casos deste tipo de golpe por telefone todo mês. Rodrigo disse que é sempre a mesma estratégia, dizem que querem atualizar cadastro, depois enviam boletos que variam de R$ 200,00 a R$ 4.000,00. A única diferença de um caso para outro é o nome usado para identificar a falsa empresa. Se o "devedor" não quitar a conta, os golpistas ligam ameaçando que os títulos serão protestados em São Paulo, o que já prova que se trata de fraude, pois qualquer título atrasado deve ser protestado na cidade do devedor.

O Procon orienta as pessoas a não dar nenhuma informação de número de documentos por telefone, também não devem pagar os boletos. Registrarem queixa na delegacia. O endereço do Procon é no Calçadão Osni José Gonçalves, em cima do Banco Real. Os telefones são 151 e 3531-1212.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 560 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal