Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/01/2011 - Jornal Cruzeiro do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Coreso alerta para golpe de pedintes


Homens passando-se por cooperados da coleta de material reciclável estão aplicando golpes em Sorocaba. O alerta é da diretoria da Cooperativa de Reciclagem de Sorocaba (Coreso) que foi comunicada por moradores de que ao menos dois homens estão pedindo dinheiro, alegando que é para a compra de almoço, já que não estariam recebendo as retiradas (salários) da cooperativa. Segundo integrantes da Coreso e do Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento, Emprego e Cidadania (Ceadec), há informações que isso teria ocorrido no Jardim Prestes de Barros, Vila Hortênsia, Jardim Moncayo e Jardim Gonçalves.

Na tarde de ontem, integrantes da Coreso e Ceadec visitaram moradores do Jardim Moncayo para esclarecer que os cooperados não pedem nada além de material para a reciclagem. Ressaltam que sempre fazem a visita uniformizados e sequer pediram caixinha do fim de ano. Pelo que tomaram ciência, o fato começou a ocorrer na semana de Natal e o último caso constatado foi na quinta-feira, dia 6. O presidente da cooperativa, José Augusto Rodrigues de Moraes, enfatiza que o foco da Coreso não é pedir dinheiro e a situação prejudica a imagem da cooperativa. Também atrapalha a coleta, já que os pedintes estariam solicitando que todo o material fosse deixado na rua porque as meninas da cooperativas estão por passar.

O representante comercial e morador do Jardim Moncayo, Gilberto Gomes, 42 anos, atendeu um dos golpistas com cerca de 1,70 metro de altura, pele morena e com aparência de 30 a 35 anos. Ele percebeu o golpe, recomendou ao pedinte que estava sem uniforme parasse com aquilo e o golpista desconversou e foi embora. Na mesma rua, a auxiliar de cabeleireira, Marisa Pedroso, 62 anos, ficou com dó, deu dinheiro e seguiu a orientação para que colocasse todo o material na calçada porque a equipe ia passar para recolher. Apenas quando o pedinte foi embora percebeu que era um golpe.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 152 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal