Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/01/2011 - Sol Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Banqueiro recebeu suborno em 50 milhões de dólares em negócio da Fórmula 1


Um ex-executivo de um banco foi detido sob a acusação de ter recebido 50 milhões de dólares em 2006 para facilitar a venda da participação de um banco estatal na holding Fórmula 1.
O ex-gestor de risco do sector público do banco BayernLB foi detido sob as acusações de corrupção e fraude fiscal.

Gerhard Gribkowsky foi acusado de manipular a venda da participação do banco na Formula 1. Os procuradores que o acusam afirmam que o ex-executivo levou o banco a vender a sua participação à CVC Capital Investment «sem uma avaliação do seu valor actual», o que lhe valeu «dois contratos de consultoria, totalizando 50 milhões dólares» que foram pagos em contas na Áustria.

Gribkowsky escapou assim ao pagamento de impostos sobre o rendimento adicional.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 146 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal