Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/01/2011 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário movimentava R$ 400 mil por mês

Por: Isabel Boechat

Ele agia para quadrilha paulista e foi preso com 125 cartões clonados.

Rio - Um estelionatário que usava cartões clonados para roubar dinheiro de contas correntes e fazer compras foi preso, ontem, quando realizava saques em caixa eletrônico na Barra da Tijuca. Renildo Moreira dos Reis, 35 anos, contou que atuava para quadrilha de São Paulo e chegava a movimentar R$ 400 mil por mês. Com ele foram encontrados 125 cartões de crédito e de débito clonados e R$ 3,5 mil.

A prisão ocorreu de forma inesperada até para a polícia. O delegado Eduardo Freitas entrou na loja de conveniência de um posto de gasolina e desconfiou do homem que sacava dinheiro, retirava outros cartões da bolsa e repetia a operação. “Saí da loja e pedi auxílio à patrulha da DH (Divisão de Homicídios) que passava pelo local. Quando ele entrou em seu carro, o prendemos. Na hora ele falou: ‘Perdi!’. E admitiu que os cartões eram clonados”, contou Freitas.

Renildo estava há dois meses no Rio. “Ele afirmou que ficava com 5% do valor total dos saques”, contou o delegado. Segundo Freitas, a comissão que o estelionatário recebei por ‘trabalhar’ duas vezes por mês era de R$ 20 mil.

“Ele frequentava boates e restaurantes caros da Barra e morava em cobertura no condomínio AlfaBarra, de frente para o mar. Chegou a se orgulhar de levar vida de rico e ostentar dinheiro e mulheres”, completou o policial.
Durante a prisão e revista no apartamento, o celular do criminoso tocava sem parar, sempre com números de telefone de São Paulo. A polícia tenta localizar a quadrilha.

Na casa do bandido, os policiais encontraram frasco de lança-perfume e chips para celular. Segundo comprovantes bancários, Renildo sacou R$ 52 mil segunda-feira. O dinheiro, no entanto, não foi encontrado com o criminoso. Se condenado, ele pode pegar até cinco anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 455 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal