Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/12/2010 - Jornal Cidade (Rio Claro) Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

FRAUDE: Receita Federal descobre esquema de sonegação de R$ 400 milhões em empresa de RC

Por: Marcelo Lapola


Mais de R$ 400 milhões. Esse é o valor em que uma empresa de Rio Claro foi autuada pela Receita Federal. A Delegacia da Receita Federal do Brasil em Piracicaba concluiu nesta semana a Operação Flecha Partida, que teve como alvo uma grande empresa sediada na cidade de Rio Claro. As investigações, que duraram mais de um ano, descobriram um grande esquema para burlar o pagamento de impostos federais.

De acordo com o auditor fiscal da Receita em Piracicaba, responsável pela operação, o nome da empresa não foi divulgado oficialmente por conta do sigilo garantido pela legislação. "Não podemos divulgar ainda o nome pois a lei prevê que seja mantido o sigilo", ressaltou o auditor.

Segundo Fernando, o resultado final das investigações será encaminhado ao Ministério Público Federal. "Além do crime de sonegação há outros crimes praticados pelos empresários como a falsificação de documentos", disse Fernando.

A empresa, segundo a Delegacia da Receita Federal em Piracicaba utilizava notas fiscais de antigos fornecedores fabricadas em gráficas por ela mesma, as falsificações eram grosseiras, sendo que algumas notas não apresentavam nem mesmo layout da nota original. O objetivo principal era aumentar o custo, reduzir o lucro e com isso pagar menos imposto.

A fim de garantir o pagamento do crédito tributário, todos os sócios e empresas ligadas e com algum tipo de interesse na fraude foram enquadradas como solidárias e responderão pela dívida com seus bens.

Ao final dos trabalhos, o auto de infração com todas as multas e juros chegou-se à cifra de R$ 403.000.000,00. Este é o maior Auto de Infração da história da Delegacia da Receita Federal de Piracicaba.

O resultado final das investigações será encaminhado ao Ministério Público Federal de Piracicaba. Os responsáveis pela empresa poderão responder pelos crimes de sonegação fiscal, formação de quadrilha, uso de documento falso e lavagem de dinheiro.

Trata-se do maior esquema de sonegação fiscal já desbaratado na região de Piracicaba. “Pode-se dizer que a empresa, alvo desta operação, se assemelhava a uma flecha cravada nos cofres públicos, sangrando um grande volume de preciosos recursos que poderiam estar sendo aplicados, por exemplo, em habitação, educação, saúde pública e saneamento básico”diz a nota da Receita enviada à imprensa. Os empresários deverão apresentar sua defesa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 658 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal