Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/07/2007 - A Tribuna Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista lesava revendas de pneus

Por: Marcio Costa


Agentes da Central de Polícia (CP) prenderam um vendedor que aplicava golpes com cheques roubados em revendas de pneus no Distrito do Rio Maina, em Criciúma. O flagrante ocorreu há poucos dias, após o acusado ter sido reconhecido por pelo menos cinco vítimas que tiveram os cheques devolvidos por falta de saldo. D.F.S., de 33 anos, natural de Lauro Müller, começou a praticar a fraude - comprava estoques de pneus - no dia 10 de maio, de acordo com investigações. Ele foi autuado por estelionato e encaminhado ao Presídio Santa Augusta.

Ontem o vendedor acabou denunciado pela Promotora de Justiça do Ministério Público (MP) de Criciúma, Rosângela Zanatta. Agora o processo será remetido à Justiça para análise final e julgamento. Segundo a promotora, a maioria dos golpes, conforme consta na denúncia, teria sido cometida em lojas do Distrito do Rio Maina. No entanto, não está descartada a possibilidade de o acusado ter enganado outros comerciantes da região Sul do Estado. O auto de prisão em flagrante, elaborado por agentes da CP, foi levado à 2ª Vara Criminal.

Crime de estelionato

O crime de estelionato está previsto no artigo 171 do Código Penal Brasileiro (CPB), com pena de reclusão de um a cinco anos de reclusão e multa. Porém, se o criminoso é primário, e é de pequeno valor o prejuízo, o juiz pode aplicar a pena conforme o disposto no artigo 155. Mas, no caso de fraude no pagamento por meio de cheque sem fundos em poder do sacado, aumenta-se a pena em um terço - se o crime é cometido em detrimento de entidade de direito público ou de instituto de economia popular.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 367 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal