Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/12/2010 - Diário Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulheres na mira dos cibercriminosos, diz Panda

Depois do fenómeno das «falsas namoradas russas», que visava lesar os utilizadores do sexo masculino, agora são as mulheres que estão na mira de fraudes online, alertou a Panda Security.

A empresa de segurança informática detectou um aumento «significativo» no número de mensagens recebidas através de redes sociais, de homens «dispostos a iniciar relacionamentos».

Estes cibercriminosos apresentam-se como «um homem responsável, com um rendimento estável, romântico, divertido, bom pai, educado, capaz de falar diversos idiomas, entre outras qualidades».

No entanto, para viajar para o país do alvo, é necessária «ajuda financeira», constituindo o ponto onde as mulheres são vítimas de cibercrime. Naturalmente, uma vez consumado o crime, estes parceiros desaparecem sem deixar rasto.

O fenómeno assemelha-se ao caso das «falsas namoradas russas», que tinha por objectivo convencer os homens a pagar as alegadas «despesas de viagem» para que estas supostas mulheres pudessem ir ter com os seus amantes virtuais.

Os especialistas do laboratório da Panda contactaram um destes «Casanovas» para «revelar a verdade por trás destas promessas». «Logo após o primeiro contacto, a história desenvolve-se exactamente como a das falsas namoradas Russas: querem viajar para conhecer os pretendentes, mas para tal necessitam de ajuda financeira».

«Tal como no caso das falsas namoradas russas, o facto de um homem expressar o seu interesse num relacionamento com uma utilizadora do sexo feminino, atrairá inevitavelmente o seu interesse. Não sabemos quantas mulheres cairão neste esquema, mas admitimos que a mensagem foi cuidadosamente desenvolvida para enganar as vítimas femininas», explicou Luis Corrons, da Panda.

«Da mesma forma que ninguém dá nada a ninguém, é muito pouco provável que alguém se apaixone por outra pessoa apenas por consultar um perfil numa rede social. Aconselhamos todos os utilizadores que recebam este tipo de mensagens, homens e mulheres, a estarem atentos, já que na grande maioria dos casos – na realidade em praticamente 100% dos casos – tratar-se-á de um esquema fraudulento», acrescentou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 264 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal