Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/12/2010 - Público.pt - Última Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Investidor que ganhou com Madoff devolve esperança às vítimas

Por: Sérgio Aníbal

A viúva de Jeffry Picower, um investidor que lucrou com a fraude de Madoff, entregou 7200 milhões de dólares aos que saíram prejudicados.

E, de repente, há esperança para aqueles que investiram e perderam dinheiro com Bernard Madoff.

Na sexta-feira, a víuva de Jeffry Picower, um investidor que ao longo de várias décadas ganhou muitos milhões de dólares colocando o seu dinheiro sob a gestão de Madoff, anunciou que iria entregar às vítimas do esquema montado por Madoff todas as mais-valias obtidas pelo seu marido.

São 7200 milhões de dólares, cerca de 5500 milhões de euros, ou seja, um valor que chegaria para reduzir para menos de metade o défice público português em 2011. Com este contributo, o montante que as autoridades e as vítimas de Madoff já conseguiram recuperar dá um salto para 9700 milhões de dólares, aproximando-se das perdas totais que terão sido provocadas pelo esquema fraudulento do financeiro norte-americano. De acordo com os cálculos de Irving Picard, o representante das vítimas, as perdas provocadas por Madoff atingem os 20 mil milhões de dólares.

A entrega do dinheiro ganho por Picower acontece depois de dois anos de batalha legal. As vítimas processaram Picower por ter ganho 7200 milhões de dólares ao longo de 20 anos com o esquema de Madoff, alegando que 5000 milhões seriam mesmo lucros que pertenciam a outros investidores. Jeffry Picower sempre defendeu que não tinha conhecimento dos métodos usados por Madoff. Depois da sua morte, os responsáveis pela gestão da herança chegaram a oferecer 2000 milhões de dólares para chegar a um acordo. Agora, a viúva, Barbara Picower, acabou por aceitar entregar todo o dinheiro.

"O acordo honra aquilo que Jeffry quereria", afirma em comunicado, acrescentando que "o esquema de Ponzi de Madoff era deplorável". "Estou absolutamente convencida que o meu marido não era de forma alguma cúmplice na fraude de Madoff", escreve Barbara Picower. Uma possibilidade de que muitos duvidam, tendo em conta que Jeffry Picower entregou a Madoff 619,4 milhões de dólares a Madoff e acabou, ao fim de 20 anos, por receber 7800 milhões.

O esquema de Ponzi, operado por Bernard Madoff, permitiu que, durante um período de tempo bastante largo, os investidores que lhe entregavam dinheiro conseguissem obter rentabilidades bastante acima da média do mercado. Isto, porque os ganhos eram financiados pela entrada sucessiva de novos investidores.

Como acaba por acontecer nas fraudes deste tipo, os últimos investidores a entrar antes do colapso são aqueles que acabam por perder todo o seu dinheiro.

Nesta fase, as vítimas estão a tentar garantir que os investidores que conseguiram obter lucros devolvam estes ganhos, apostando principalmente naqueles que, de forma mais óbvia, pareciam ter conhecimento da forma como Madoff actuava, ou seja, que todo o dinheiro que entregavam não era realmente investido e que todo o dinheiro que recebiam era apenas proveniente de outros investidores.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 186 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal