Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/12/2010 - Mogi News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Idosos encabeçam as estatísticas das vítimas de golpes e assaltos

Por: Deize Batinga

Caso conhecidos, como o do bilhete premiado, ainda são comuns, mesmo com alertas sobre ação dos golpistas.

Os idosos são considerados hoje o principal alvo de estelionatários. Embora não haja estatística, a própria polícia admite que pessoas acima de 60 anos são as maiores vítimas de golpes conhecidos, como o da saidinha de banco, o do bilhete premiado e o da troca do cartão no caixa, sem contar aqueles que são aplicados por telefone.

Uma professora aposentada de 89 anos foi vítima de um golpe aplicado dentro de uma agência bancária. Em julho deste ano, ela tentava usar o caixa eletrônico de um banco no centro de Mogi, quando uma pessoa, que se identificou como funcionária do estabelecimento, se ofereceu para ajudá-la.
"Essa pessoa conseguiu a senha dela e, somente quando ela chegou em casa, é que percebeu que o falso funcionário havia ficado com o cartão verdadeiro", contou o advogado da aposentada, José Edilson Ferreira de Almeida.

Em menos de 48 horas, o golpista que ficou com o cartão da aposentada fez saques, transferências bancárias e compras, que geraram um prejuízo de aproximadamente R$ 20 mil para a vítima.
O advogado entrou em contato com o banco, mas foi informado pela gerência de que a agência não iria fazer o reembolso do valor levado.
"Eles justificaram que, como o cartão tem chip de segurança, a pessoa que teve acesso à conta da minha cliente também tinha a senha", explicou.

Burocracia

Para tentar o reembolso do valor com a instituição financeira, o advogado teve de entrar com uma ação na Justiça por danos materiais e morais. No entanto, após analisar novamente o caso, um representante da instituição financeira entrou em contato com ele e afirmou que todo o valor extraviado da conta da vítima seria reembolsado.
"O problema é a falta de segurança nos bancos. As pessoas entram lá e se passam por funcionários com facilidade. Eles precisam mudar isso", observou o advogado, que alerta os idosos. "Nunca vá sozinho ao banco e, se tiver dificuldade em operar o caixa eletrônico, cancele todos os cartões e só saque o benefício no caixa comum".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 131 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal