Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/12/2010 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cinco são presos por fraudar vestibular em Montes Claros (MG)

Por: Elida Oliveira


Cinco pessoas foram presas suspeitas de estelionato após serem pegas fraudando o vestibular de medicina da Faculdade Pitágoras em Montes Claros (428 km de Belo Horizonte), segundo a polícia. A prova aconteceu ontem de manhã.

Segundo o delegado Jurandir Rodrigues César Filho, o suposto esquema envolvia a venda de gabarito e a transmissão dos dados aos candidatos. Na operação, uma adolescente também foi apreendida.

Em depoimento ao delegado, os acusados -quatro homens e uma mulher de 18 a 26 anos- confessaram o crime. Eles disseram que pagariam de R$ 15 mil a R$ 20 mil caso fossem aprovados no exame.

A adolescente de 17 anos foi ouvida na delegacia e liberada. Os demais continuam presos e serão autuados por suspeita de estelionato. A pena é de um a cinco anos de prisão.

A diretora da faculdade Pitágoras, Maria de Fátima Turano, diz que a fraude só foi detectada porque a instituição tem 140 câmeras de segurança e havia 70 profissionais contratados para trabalhar no concurso usando detectores de metal.

Como a fraude foi desvendada, o vestibular não será cancelado.

Segundo Maria de Fátima, a suspeita é de que um integrante da quadrilha tenha entrado para fazer a prova e saído após a liberação dos candidatos -enquanto os demais permaneciam fazendo o exame.

De posse do caderno de provas, este integrante da quadrilha enviava as respostas por equipamentos eletrônicos que ficaram escondidos no banheiro. Segundo a diretora, o transmissor era semelhante a um relógio que recebia mensagens escritas.

Os candidatos iam até o sanitário e copiavam as respostas do gabarito ou tentavam entrar de novo na sala do exame de posse do equipamento. Neste momento os detectores de metal apontavam a presença do aparelho e os candidatos eram barrados.

Uma aluna foi flagrada copiando as respostas no seio, outra com o aparelho na genitália.

O vestibular da Faculdade Pitágoras reuniu 3.000 candidatos que disputavam vagas para os 12 cursos da instituição -1.900 tentaram medicina. A concorrência nesta graduação foi de 45 candidatos por vaga. A mensalidade deste curso é de R$ 3.000.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 183 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal