Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/12/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação Justa Causa desarticula quadrilha que aplicava golpes no seguro-desemprego

Por: Gabriel Mascarenhas


RIO - Policiais civis da delegacia fazendária desarticularam na manhã desta segunda-feria uma quadrilha que aplicava golpes lesando beneficiários do seguro-desemprego. Os agentes ainda estão realizando a operação. Até agora, três pessoas já foram presas.

Pela manhã, os agentes saíram para cumprir seis mandados de prisão e treze de busca e apreensão. Pelo menos dez pessoas faziam parte do bando, entre elas um servidor público estadual. Segundo a polícia, o golpe consistia na adulteração de requerimentos de pedidos de seguro-desemprego.

Operadores da quadrilha procuravam vítimas nas filas dos postos de pagamento do benefício e se ofereciam para agilizar o tempo de recebimento e até aumentar o valor a ser recebido. Por intermédio de um escritório de advocacia, os fraudadores falsificavam carimbos das empresas, assinaturas e o valor dos benefícios. Com a participação de um funcionário do Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Vilar dos Teles, eles lançavam os dados adulterados no sistema. Segundo a polícia, os bandidos ficavam com parte do valor do seguro desemprego, e o beneficiário, em alguns casos, acabava recebendo uma quantia menor do que a devida.

Considerada a chefe da quadrilha, Sandra Soares da Conceição, dona do escritório de advocacia que operava os golpes, foi presa em casa, na Rua Eugenio Soares, em Mesquita, na Baixada. O servidor público Geraldo Pacheco também foi preso no seu local de trabalho, em Vilar dos Teles. No momento em que os agentes faziam buscas na casa de Sandra, um outro integrante do bando, identificado como Marlon, foi capturado ao chegar na casa da comparsa. Na residência foram encontrados pelo menos 300 carteiras de trabalho e 300 cartões cidadão. A quadrilha agia principalmente em Duque de Caxias, em São João de Meriti e em Nova Iguaçu. A polícia civil vai divulgar um balanço da operação, batizada de "Justa Causa", no início da tarde desta segunda-feira.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 136 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal