Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/12/2010 - Diário Catarinense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Líder de quadrilha reponsável por golpes em empresas de todo o país é preso em Palhoça

João Djalma Prestes Júnior oferecia serviços de assessoria para empresas e ficava com o dinheiro.

Foi preso na noite desta quarta-feira, em Palhoça, na Grande Florianópolis, o principal responsável por um golpe que lesou empresários em pelo menos seis estados do Brasil. João Djalma Prestes Júnior aplicava, junto com outros comparsas, o Golpe das Debêntures. Ele foi preso pela Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de Santa Catarina, com o apoio da Polícia Militar. Prestes Júnior foi pego com US$ 10 mil e R$ 2 mil. A suspeita é de que o estelionatário estaria tentando fugir do país.

O homem é integrante de uma quadrilha que praticava golpes em Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Bahia. Junto com o grupo formado por Edson de Almeida, Paulo Cesar Miranda, Vilson Liedmann, Maria Rosa Braga e Genilton Vieira de Andrade, ele utilizava seus conhecimentos sobre o mercado financeiro para oferecer assessoria a empresas com potencial de crescimento.

Por meio das empresas WZ Intermediação de Negócios Ltda. e A&B Intermediação de Negócios, ambas de fachada, a quadrilha intermediava aportes financeiros de fundos de pensão. Com a ajuda de corretoras, também de fachada ou criadas em nome de laranjas, os golpistas compravam debêntures que na verdade não existiam. Pelo menos 15 empresas perderam entre R$ 30 mil e R$ 188 mil cada uma com o golpe.

Prestes Júnior foi encaminhado à Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e será enquadrado por formação de quadrilha, estelionato, falsidade documental e lavagem de dinheiro. O Ministério Público (MP) acredita que o esquema pode ter lesado mais empresas e, por isso, deve enviar informações aos MPs e à Polícia Civil em outros estados do país.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 527 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal