Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/12/2010 - Olhar Direto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresa envolvida na operação Atlântida 'abandona' obra em Cuiabá

Por: Jardel Arruda


Após se tornar alvo da Operação Atlântida, desencadeada pela Polícia Federal, que investiga fraudes em licitações de obras de infraestrutura no interior de Mato Grosso, a empresa Silgran Construções LTDA, um dos alvos da Operação Atlântida paralisou um obra de pavimentação no Bairro Ribeirão da Ponte, em Cuiabá, e todo o progresso já realizado pode ser perdido durante o período de chuvas.

A ordem de serviço 464/2009, referente à pavimentação a ser realizada pela Silgran, foi emitida há mais de um ano, no dia quatro de dezembro de 2009, assinada pela superintendente de vias Urbanas e Saneamento da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Marciane Curvo. Entretanto, a obra só foi iniciada em novembro de 2010.

Os únicos serviços realizados foram o de terraplanagem e de nivelamento das quatro ruas que deveriam ser asfaltadas. Desde então as obras foram paralisadas e todo o trabalho realizado começa a ser perdido devido à ação da chuva e dos ventos, típicos desta época do ano. Os moradores temem que, como outras duas empreiteiras que já ‘pegaram o serviço’, a Silgran abandone definitivamente a obra.

Ainda de acordo com moradores, a empresa teria paralisado a obra em decorrência da das investigações sofridas pela empresa. Eles alegam que as contas da empreiteira estariam bloqueadas, levando a empresa a abandonar a obra apesar de ela estar em condições legais.

De acordo com a assessoria de comunicação da Sinfra, as obras naquela região foram paralisadas justamente pelo período da chuva e devem ser recomeçadas em março. Questionados sobre a perda dos trabalhos já feitos, a assessoria garantiu que a empresa terá de refazer, caso necessário, sem custos adicionais ao Estado.

O Olhar Direto tentou entrar em contato com a empresa, mas nenhuma ligação foi atendida.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 135 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal