Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/12/2010 - O Norte Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Advogado do Detran/PB é preso cobrando propina

Por: Luiz Carlos Lima

Glaudecílio Veríssimo teria cobrado R$ 30 mil de sindicato dos taxistas para intermediar renovação de contrato.

O advogado do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/PB) Glaudecílio Veríssimo Filho foi preso em flagrante, na tarde de ontem, quando recebia um cheque nominal a ele no valor de R$7,5 mil. O valor seria uma propina que o advogado receberia para intermediar a renovação de um contrato entre o Detran e o Sindicato dos Taxistas. O advogado foi encaminhado a 9ª Delegacia Distrital (DD), em Mangabeira, e vai responder por crime de corrupção passiva.

O cheque recebido pelo advogado era o primeiro de quatro acertados entre ele e o sindicato, segundo o delegado responsável pelo caso Edilson Araújo. "O valor do contato foi de R$60 mil e posteriormente negociado pra R$ 30mil a ser pago em quatro cheques de R$7,5", revelou. A prisão em flagrante só foi possível porque chegou à polícia uma denúncia, feita pelo tesoureiro do Sindicato dos Taxistas de João Pessoa, Antonio Henriques Filho. Ele afirmou estar em negociações desde setembro para a realização do contrato, quando o advogado fez a proposta do valor para efetuar a negociação.

O acusado está à disposição da justiça na 9ª DD, onde espera decisão judicial para onde ele será encaminhado. A expectativa era de que ontem ainda o advogado fizesse um exame de corpo delito, enquanto aguardava a decisão. Por se tratar de um advogado, membros da Comissão de Apoio às Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil estiveram na 9ª DD para verificar se a prisão foi efetuada dentro da legalidade, o que foi confirmada por ele.

O chefe do Departamento Jurídico do Detran, Celso Fernandes compareceu à 9ª DD e afirmou que o órgão já está tomando as medidas cabíveis. "Vamos esperar o comunicado oficial da polícia para darmos prosseguimento às ações, mas vamos abrir um procedimento administrativo para investigar o caso enquanto ele estiver à disposição da Justiça", declarou. O advogado Glaudecílio Veríssimo não falou com a imprensa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 130 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal