Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/12/2010 - EPTV.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP pede afastamento de 3 vereadores acusados de corrupção

Políticos teriam feito "leilão" por lei sobre o funcionamento de postos de combustíveis.

O Ministério Público de Sertãozinho pediu à Justiça o afastamento de três vereadores de Barrinha. Sant Clair Antônio Marinho Filho, Jamel Jamil Chukr e Carlos Alexandre Alves Borges são suspeitos de corrupção. Eles teriam exigido dinheiro de comerciantes para decidirem o voto em lei que alterava o funcionamento de postos de combustíveis na cidade.

O promotor Fernando Antônio Abujamra pediu ainda a suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos, multa no valor de até cem vezes o salário deles, e indenização por danos morais de dez vezes o valor da propina cobrada.

Uma lei municipal determina que os postos de combustíveis na cidade devam ser construídos a uma distância mínima de 500 metros um dos outros. Um projeto de lei pretendia revogar a lei. Em um vídeo divulgado em abril, o vereador Carlos Alexandre Alves Borges sugere a um empresário que ofereça R$ 10 mil para que ele vote contra a revogação da lei. Os outros dois políticos também procuraram o dono do posto, que fez a denúncia. Os políticos também insinuaram de que um outro comerciante, interessado na revogação da lei, teria pago R$ 45 mil. O promotor responsável pelo caso classificou a negociação como "leilão".

O advogado da Câmara, Ednilson Bombonato, que representa os vereadores, disse que eles ainda não foram notificados, o que somente ocorrerá se a Justiça acatar a liminar.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 266 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal