Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/12/2010 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

EUA indiciam mais de 500 por crime de fraude financeira

Por: Ricardo Gozzi


WASHINGTON - Mais de 500 pessoas foram indiciadas por fraude nos Estados Unidos em uma operação rotulada pelas autoridades locais como a maior ação da justiça local contra estelionatários que tinham como alvo investidores pessoais.

Quase 350 pessoas foram acusadas criminalmente por organizarem pirâmides financeiras e por fraudes com investimentos em câmbio e ativos de rendimento elevado, entre outros golpes. Ao anunciarem os resultados da investigação em Washington, funcionários do Departamento de Justiça dos EUA informaram que mais 189 pessoas são alvo de outros tipos de ação cível no âmbito da mesma operação.

Os investigadores calculam que os esquemas de fraude descobertos prejudicaram mais de 120.000 pessoas, das quais foram roubados milhares - e em alguns casos milhões - de dólares. De acordo com o Departamento de Justiça, os prejuízos às vítimas totalizam mais de US$ 10 bilhões.

"Esses números são realmente incríveis", declarou o secretário de Justiça dos EUA, Eric Holder, durante a entrevista coletiva concedida hoje em Washington para apresentar os resultados da "Operação Confiança Traída", iniciada há três meses e meio por uma força-tarefa criada pelo presidente norte-americano, Barack Obama, para investigar suspeitas de fraude financeira.

Segundo os investidores, em muitos casos as vítimas eram abordadas por seus próprios vizinhos ou por pessoas que conheciam na igreja. No Texas, um homem atraía os frequentadores de uma paróquia afirmando que o sucesso com os investimentos que havia feito em câmbio eram "uma bênção de Deus", relatou Holder. Em outro caso, um ex-policial teria atraído policiais e bombeiros da ativa e da reserva para um esquema de pirâmide financeira.

Na avaliação de Holder, o resultado da operação soa como uma advertência a potenciais estelionatários: "Enganar os investidores para se apropriar de seus ganhos e de suas economias não é mais um plano de negócios seguro".

Até agora, 87 réus já foram sentenciados por crimes e contravenções descobertos na operação. Nos casos mais graves, as sentenças foram superiores a 20 anos de reclusão. Em um caso, salientou Holder, o réu pegou 85 anos de cadeia. As informações são da Dow Jones.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 121 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal