Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/12/2010 - EPTV.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-diretor financeiro da Sanasa diz desconhecer fraudes em licitações

Marcelo Quartim Barbosa Figueira foi ouvido pela CPI da Câmara nesta 6ª.

Durante depoimento com duração de cerca de duas horas, o ex-diretor financeiro da Sanasa, Marcelo Quartim Barbosa Figueira, disse desconhecer irregularidades em contratos de licitações da empresa feitos durante a sua gestão, de 2005 a 2008. Ele foi ouvido na tarde desta sexta-feira (3) pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Câmara Municipal de Campinas que investiga indícios de fraudes em licitações públicas da Sanasa e da IMA com prestadoras de serviço acusadas de fraudes em licitações pelo Ministério Público.

Figueira manteve a posição do ex-presidente da empresa, Luiz Augusto Castrillon de Aquino, ouvido no dia 26 de novembro. Eles disseram que todos os contratos foram aprovados pelo Tribunal de Contas do Estado de (TCE) São Paulo. O ex-diretor deveria ser ouvido junto com Aquino, mas pediu para remarcar a data para esta sexta por compromissos pessoais.

Na semana passada, o ex-presidente da autarquia, Luiz Augusto Castrillon de Aquino, também disse desconhecer qualquer irregularidade nos processos de licitação de contratos durante sua gestão, de 2005 a 2008, mas admitiu que teve R$ 100 mil depositado em sua conta e devolveu o dinheiro. Aquino afirmou ainda que teve apenas contatos de teor administrativo com José Carlos Cêpera, acusado de ser o líder de uma quadrilha especializada em fraudes de licitações de empresas na região de Campinas.

Os integrantes da CPI ainda não definiram quais serão os próximos depoimentos. Eles devem solicitar mais informações ao Ministério Público sobre as denúncias. O relatório final deve ser divulgado ainda este ano.

Investigações

O juiz da 3ª Vara Criminal de Campinas, Nelson Augusto Bernardes de Souza, distribuiu para outras cidades o relatório do Ministério Público sobre o caso. Além de Campinas, as denúncias do MP são investigadas, por meio de CPIs, em Hortolândia e Indaiatuba.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 225 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal