Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/12/2010 - Jornal Agora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falso conselheiro tutelar é identificado pela Polícia Civil

Por: Patrick Chivanski


A equipe de investigações da Delegacia da Mulher, coordenada pela delegada Lígia Marques Furlanetto, identificou, em Rio Grande, um falso conselheiro tutelar. O acusado, um homem de 39 anos, tentava atrair estudantes com idade entre 16 e 17 anos para manter relações sexuais. Segundo a delegada Lígia Furlanetto, titular da DM, o acusado agia há cerca de um ano e atacava jovens tanto da rede estadual, quanto da rede municipal de educação.

De posse de uma carteira falsa, ele se apresentava para as meninas como conselheiro tutelar para obter a confiança. A delegada também informou que nenhum caso de estupro chegou a ser confirmado, mas que, em um dos casos, o acusado foi até a casa de uma menina e disse que tinha fotos comprometedoras dela e que, se ela entrasse no seu carro e mantivesse relações sexuais com ele, não divulgaria as fotos.

Durante as investigações, ainda foi apurado que o acusado também se apresentava como policial civil para atrair as vítimas, visto que, em seu automóvel, foi localizado e apreendido um colete da Polícia Civil e um par de algemas.

O acusado irá responder inquérito policial por usurpação da função pública e tentativa de violação sexual mediante fraude. "Pedimos aos pais que fiquem atentos para esse tipo de conduta, pois geralmente os conselheiros só vão às escolas quando são chamados pelos educadores ou pela Promotoria da Infância e da Juventude, quando há uma situação de risco", salientou a delegada.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 132 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal