Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/11/2010 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Disque-Denúncia registra aumento no número de denúncias por estelionato

Os golpes mais frequentes registrados são clonagem de cartões, venda de promoções inexistentes e de produtos falsificados.

Nesta época do ano, em que há mais dinheiro circulando pelo comércio por conta do 13º salário, é preciso que o consumidor tenha alguns cuidados para não cair em golpes de estelionatários. Do começo do ano até agora, o Disque-Denúncia registrou 1.023 denúncias de fraudes cometidas por pessoas que aplicam golpes se aproveitando da boa-fé dos outros, 16% a mais do que em 2009.

Os golpes mais frequentes registrados são clonagem de cartões, venda de promoções inexistentes e de produtos falsificados.

A coordenadora do Disque-Denúncia, Carmela Galindo (foto 1), fala dos casos mais comuns: “os principais golpes são praticados por telefone, com promoções inexistentes. O estelionatário liga, pede para a pessoa fazer um depósito para receber um carro ou uma moto. É sempre um prêmio de alto valor para chamar atenção”.

“Se você não participou de nenhuma promoção, não tem pra que fazer esse depósito”, aconselha.

A delegada informou ainda que, uma vez recebida a informação e confirmado que se trata de um caso de estelionato, o caso é enviado para a delegacias de estelionato no Recife. Se for no interior, o caso é encaminhado para as delegacias responsáveis no Agreste e no Sertão.

Para evitar que o cartão seja clonado, algumas dicas são valiosas. “As pessoas devem acompanhar suas compras de cartão de crédito; sempre ver se [no extrato] o valore de todas as compras correspondem; nunca deve se entregar documentos a estranhos ou pedir a terceiros fazer documentação para fazer transações financeiras”, recomenda a coordenadora.

A delegada Patrícia Martins (foto 2) conta que um dos crimes mais comuns são os realizados pela internet: “muitas pessoas não têm a ciência de que é um site seguro. A pessoa faz a compra, digitando os dados do cartão, que acaba sendo clonado”.

Ela fala ainda que muitas pessoas acabam levando o golpe de pessoas próximas. É o que acontece com aposentados, que levam parentes ou amigos como companhia ou ajuda durante as transações. “É preciso ter certeza de que é uma pessoa de sua confiança para acompanhar nesses serviços”.

O Disque-Denúncia atende pelo número (81) 3421-9595 no Recife e Região Metropolitana e pelo (81) 3719-4545 no Agreste.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 116 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal