Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/11/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Civil faz megaoperação para desmantelar quadrilha formada por parentes de traficantes

Por: Vera Araújo


RIO - A Polícia Civil faz neste sábado uma megaoperação para desmantelar a quadrilha formada por familiares de traficantes que ordenaram os ataques no Rio, nesta semana. O juiz da 2ª Vara Criminal de Santa Cruz, José Nilo Ferreira, expediu sete mandados de busca e apreensão e nove de prisão contra parentes de quatro traficantes que teriam orquestrados os ataques: Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP; Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco; Alexander Mendes da Silva, o Polegar; e Márcio Batista dos Santos, o Dinho Porquinho. Três mandados foram expedidos também contra advogados acusados de levar informações do tráfico. A primeira a ser presa foi Viviane Sampaio, mulher de Polegar, acusada de lavagem de dinheiro. A tia de Viviane, Lúcia Maria Souza Melo, também foi presa.

O pai de Viviane, Janival Jerônimo da Silva, está sendo procurado, assim como a mulher de Dinho Porquinho, Paula Fernanda Vieira. A sogra do traficante, Rosemar Vieira da Silva, também está foragida.

Na sexta-feira, o juiz Alexandre Abrahão Dias Teixeira, da 1ª Vara Criminal de Bangu, já havia decretado a prisão preventiva dos advogados dos traficantes Marcinho VP e Elias Maluco , responsável pela morte do jornalista Tim Lopes. Além dos advogados Flavia Pinheiro Fróes e Luiz Fernando Costa, também foram decretadas as prisões de Márcia Gama dos Santos Nepomuceno, mulher de Marcinho VP, que foi presa na sexta-feira -, e de Beatriz da Silva Costa de Souza, que segundo denúncia do Ministério Público seria amante de Marcinho.

As ações policiais acontecem na capital e em municípios vizinhos contra parentes, contadores e laranjas que trabalham para a quadrilha dos traficantes. A Justiça decretou também o sequestro de todos os bens que estão em nome dos parentes e de laranjas dos acusados de fazer a lavagem do dinheiro do tráfico de drogas. As operações ocorrem nas zonas sul e Norte do Rio, em Niterói e em São Gonçalo.

A polícia decidiu apertar o cerco no Complexo do Alemão e também aos familiares como forma de cessar a onda de ataques. A megaoperação conta com o apoio de policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 195 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal