Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/11/2010 - Correio de Uberlândia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Trote de sequestro pedia R$ 5 mil por resgate

Por: Núbia Mota

Dona de casa acreditou nas várias ligações recebidas, informando sobre sequestro do filho.

Uma dona de casa do bairro Pacaembu, zona norte de Uberlândia, foi vítima de um falso sequestro na tarde de hoje (25). Ela conta que recebeu uma ligação a cobrar assim que o filho dela, de 16 anos, saiu de casa para comprar um presente. O golpista exigiu R$ 5 mil e colocou na linha outra pessoa que se passou pelo filho da dona de casa. “A voz era idêntica a dele. A gente sempre vê isso na TV e pensa como alguém cai nisso, mas cai. Só quem tem filho para entender”, disse.

Segundo a vítima, o golpista fez várias ligações. Ele chegou a conversar com os Polícias Militares, que se passaram por familiares. O menor foi localizado em uma loja no centro de Uberlândia e mesmo depois, o criminoso voltou a ligar perguntando sobre o depósito. A conta é de uma agência do Rio de Janeiro. “As mães que passarem por isso devem acionar a Polícia Militar antes de tudo”, disse a dona de casa.

A mulher não chegou a efetuar o depósito.

Dicas para não cair no golpe do falso sequestro

-Não receba ligações a cobrar
-Não ajude o bandido dando-lhe informações, como nomes e endereço
-Tire os adesivos do carro que identifique a família
-Cuidado com o que publica na internet em páginas de relacionamento
-Pare para raciocinar e acione a Polícia Militar antes de tudo
-Desconfie de ligações longas

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 137 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal