Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/11/2010 - Bom Dia Sorocaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP denuncia falsa advogada

Por: Janaina de Paula

Mulher é acusada de aplicar golpe da aposentadoria em Rio Preto e região; ela roubou R$ 200 mil em um ano.

O Ministério Público de Rio Preto denunciou nesta terça-feira (23) por estelionato à Justiça Sebastiana Luzia Liduenha. Ela é acusada de se passar por advogada para tirar dinheiro de idosos.

O golpe da aposentadoria fez pelo menos 30 vítimas só em Rio Preto, entre 2004 e 2005. A golpista também agia na região.

Em um ano, a falsa advogada “lucrou” cerca de R$ 200 mil.

O escritório dela era localizado na rua Marechal Deodoro, no centro da cidade.

De acordo com o promotor Antônio Ganacin Filho, que ofereceu a denúncia, Sebastiana se apresentava às vítimas como doutora Tânia e prometia conseguir a aposentadoria num prazo de 60 dias.

Mas depois de receber os honorários, Sebastiana não falava mais com os clientes e sumia com todas as documentações das vítimas.

Ainda segundo o promotor, a falsa advogada se aproveitava da inocência e da origem humilde dos idosos para oferecer os serviços.

Tânia cobrava os honorários de acordo com o valor de cada aposentadoria e exigia pagamento adiantado.

Neusa Alves da Silva, 59 anos, moradora do Jardim Planalto, na zona norte de Rio Preto, é uma das pessoas que acreditou nas promessas da golpista.

Viúva, ela procurou Sebastiana para receber a aposentadoria do marido, que era motorista de ônibus.

Neusa deu R$ 900 para advogada. Três meses depois, ficou sabendo pela televisão que tinha sido vítima de um golpe.

Peguei dinheiro emprestado com minha filha e juntei algumas economias para pagar a advogada. Estou devendo até hoje”, diz Neusa.

Anivaldo Signorini, 72, também caiu no golpe. Na época, ele trabalhava como representante comercial.

Para conseguir uma aposentadoria mais rápida, ele tirou todo o dinheiro que tinha na poupança e entregou nas mãos de Sebastiana. Foram R$ 4 mil jogados fora.

“Até hoje não me conformo com o que aconteceu. Nunca mais consegui falar com essa mulher. Me senti um idiota”, afirma Anivaldo.

CONDENAÇÃO Se condenada, Sebastiana pode pegar até cinco anos de prisão em regime fechado. Ela responde o processo em liberdade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 285 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal