Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/11/2010 - Rondonoticias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Velho golpe do bilhete premiado ainda faz vítimas em Ouro Preto


A Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste prendeu na manha desta sexta-feira (19) dois estelionatários: Luiz Ferreira de Souza, 37, morador do município de São Francisco e Valdenir Silva Ribeiro, 19, morador do município de Presidente Médici, ambos são acusados de aplicar o velho “Golpe do bilhete premiado”. Segundo o delegado Marcos Vinicius Filho o “golpe do bilhete premiado” é um golpe antigo, muito alertado pela polícia, mas mesmo assim vem fazendo vitimas constantemente na região, onde os malandros aproveitam da boa fé das pessoas que na sua maioria são senhoras e senhores de idade para tirarem proveitos com a prática delituosa.

O delegado Marcos Vinicius disse que a prisão dos dois estelionatários ocorreu após ser registradas ocorrências de vitimas do golpe do bilhete premiado. A partir daí a Polícia Civil montou campana e começou a investigar o caso tendo na manha dessa sexta-feira (19) logrado êxito na prisão dos dois elementos.

Presos os dois estelionatários foram conduzidos a DP local onde relataram “mordus operante”, para aplicar o golpe nas suas vitimas. Uma das vitimas moradora da zona rural de Mirante da Serra foi abordada na saída da agência do Banco do Brasil de Ouro Preto e confiou na boa “lábia” da dupla e na ânsia de ganhar R$ 100 mil de um bilhete premiado, topou comprar um notebook em uma loja comercial e ceder para os estelionatários em troca do bilhete premiado, que de prêmio não tinha nada.

Na DP local o estelionatário Luiz Ferreira que se diz dono de uma sorveteria na cidade de São Francisco, na maior cara de pau alegou que o golpe do bilhete premiado rende mais do que vender sorvete e picolé. Após os procedimentos legais a dupla de estelionatários foi enquadrada pelo delegado Marcos Vinicius no Art. 171 (estelionatário) do Código Penal Brasileiro – CPB e caso sejam condenados podem ficar até 05 anos na prisão, no caso a Casa de Detenção local onde os elementos estão recolhidos a disposição da Justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 299 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal