Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/11/2010 - TEK Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

60 mil novas ameaças informáticas todos os dias


Diariamente são contabilizadas 60 mil novas peças de malware, um número que quadruplica os valores apurados em 2007, de acordo com um relatório hoje apresentado pela McAfee. A empresa de segurança revela que só este ano, até final do terceiro trimestre, já identificou 14 milhões de novas peças de malware, mais um milhão que no ano passado pela mesma altura.

No trimestre analisado pela fabricante, o malware que ganhou maior destaque foi a botnet Zeus. Desenvolvida por cibercriminosos ucranianos e dirigida a pequenos negócios norte-americanos, a rede foi responsável por prejuízos na ordem dos 70 milhões de dólares.

Ainda durante o trimestre a McAfee identificou uma evolução importante na Zeus. A rede evoluiu para atacar também dispositivos móveis e interceptar mensagens SMS que validam transacções, multiplicando as hipóteses de sucesso nas tentativas de fraude aplicadas a operações bancárias.

Por email, os esforços para disseminar a Zeus também se intensificaram durante o trimestre. Os autores do esquema usam nomes conhecidos como a FedEx, Wester Union e outros, para enviar mensagens que correio electrónico com malware e tentar aumentar o número de máquinas infectadas e ao seu serviço.

Contudo, a Zeus não foi a botnet mais activa no trimestre. A Cutwail foi responsável por cerca de metade da actividade registada neste domínio, em todo o mundo. Deve-se à acção desta ameaça uma série de ataques de negação de serviço dirigidos a mais de 300 sites, incluindo o Twitter ou o PayPal.

A McAfee sublinha ainda que durante o terceiro trimestre 60 por cento dos temas mais pesquisados no Google escondem malware nos 100 primeiros resultados apresentados, para exemplificar a dimensão do problema.

Mas se o malware não pára de aumentar, o spam continua a cair. De acordo com os dados da empresa de segurança, os valores de spam - mensagens de correio electrónico não solicitado - apurados para o terceiro trimestre foram os mais baixos dos últimos dois anos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 142 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal