Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/11/2010 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

"Se você pagar, será vítima novamente", aponta delegado sobre golpe do sequestro

Na maioria dos casos de falso sequestro, a polícia fica sabendo da ocorrência apenas após o pagamento, diz Juliano Ferreira.

Após mais um caso de falso sequestro em Porto Alegre, quando um auxiliar de serviçoes gerais por pouco não pagou uma grande quantia em dinheiro como resgate do filho, reascendem os cuidados para como evitar a queda no golpe.

Identificador com DDD de outros Estados, sotaque e termos diferentes dos usados pelos gaúchos, pedido para que não se desliguem o telefone são indicativos de que há algo errado na abordagem.

Golpe mobiliza policiais e desespera família na Capital

— A primeira coisa é tentar confirmar se a notícia é verdadeira. Tantar se aproximar de um vizinho, de alguém que esteja junto e tentar localizar essa pessoa para ganhar tempo — aponta o delegado Juliano Ferreira, da delegacia de Roubo e Extorsão.

— Não querem que desliguem o telefone. Não é assim que um sequestro habitual acontece. Eles precisam de um tempo, precisam aumentar o drama do cidadão. É quase que um comércio. Eles querem "vender" o sequestro — completa.

O auxiliar de serviços gerais, ontem, quase pagou pelo suposto resgate do filho de 11 anos. Foi impedido no banco, quando funcionários e clientes acharam estranha a movimentação e ligaram para a polícia. Para o delegado Juliano, pagar, sem acionar a polícia, é um erro.

— Se você pagar, certamente será vítima novamente. E é o que quase sempre ocorre: recebemos a ocorrência após o pagamento.

Evite transtornos
DEZ DICAS PARA ESCAPAR DO GOLPE


1 Não passe informações a estranhos por telefone ou por e-mail, mesmo que o interlocutor se apresente como representante de loja, de empresa prestadora de serviço, de entidade pública ou até como policial.

2 Não publique em sites informações pessoais que permitam a ação dos golpistas. Instrua crianças e empregados para isso.

3 Não atenda a telefonemas a cobrar de números que desconhece e desconfie de números de outros Estados.

4 Instale identificador de chamadas em seus aparelhos telefônicos de casa e do local de trabalho.

5 Caso perceba tratar-se apenas de ameaças ou golpes, desligue.

6 Se não tiver certeza disso, verifique se o parente que os bandidos dizem ter sequestrado está bem. Ligue para o telefone celular ou para um fixo em que ele possa estar (do trabalho ou da casa da namorada, por exemplo). Se não conseguir, ligue para os telefones de pessoas que possam estar com ele, como colegas de trabalho.

7 Mesmo se não conseguir contato, não entre em pânico. Tente se certificar de que os bandidos estão mesmo com seu parente, perguntando algo sobre ele, de preferência, de caráter pessoal, como a presença de uma tatuagem.

8 Preste atenção no sotaque, no vocabulário do bandido e o no som ao fundo.

9 Nunca atenda a exigências dos bandidos. Não deposite dinheiro ou compre cartões de recarga de telefone celular.

10 Ao desligar, acione a Brigada Militar pelo telefone 190 e registre ocorrência na delegacia da Polícia Civil mais próxima, mesmo que você não tenha caído no golpe.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 166 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal