Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/11/2010 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 14 acusados de desviar R$ 3 milhões

Por: Henrique Araújo

Quadrilha de fraudadores de contas correntes foi desmantelada ontem pela Polícia Federal no Ceará. O bando é responsável por desvio de R$ 3 milhões de contas da Caixa Econômica Federal. Quatorze pessoas foram presas.

Uma operação da Polícia Federal no Ceará desmantelou uma quadrilha que fraudava contas bancárias de instituições espalhadas por todo o País. Apenas na Caixa Econômica Federal, o grupo, que tinha base no Estado e era integrado exclusivamente por criminosos cearenses, desviou R$ 3 milhões. Segundo a PF, que monitorou as atividades da quadrilha de maio deste ano até agora, esse valor pode chegar a R$ 10 milhões se forem incluídos os bancos privados. As contas atingidas pelas fraudes pertencem a correntistas não apenas do Ceará.

A quadrilha foi presa ontem, às 6 horas. Ao todo, a operação Firewall, nome dado pela PF, cumpriu 14 de 15 mandados de prisão e 19 mandados de busca e apreensão. Dos mandados de prisão, 11 são preventivas. O restante é temporária. Os presos na operação serão mantidos na carceragem da PF enquanto aguardam vaga no sistema prisional.

O modo de atuação do grupo, explica o superintendente da PF Marlon Jefferson de Almeida, era bastante simples. Por meio de computadores conectados à Internet, os bandidos enviavam e-mails para correntistas contendo programas que, em suma, fariam o rastreamento dos dados individuais do usuário do sistema. Os clientes da Caixa Econômica Federal que usavam o serviço Internet Banking eram as principais vítimas. “Por descuido, o usuário abre um e-mail e acaba instalando o programa infectado (Trojans e Cavalo de Troia, por exemplo). Segundo informações dos nossos técnicos, os antivírus demoram até dez dias para serem atualizados para combater esses programas”, explicou o superintendente.

De acordo com o coordenador da operação Firewall, o delegado Francisco Ricardo Lopes Matias, o material recolhido por força dos mandados de busca e apreensão inclui televisores, notebooks, aparelhagem para clonagem de cartão de crédito, cartões magnéticos, veículos e demais eletroeletrônicos. A PF tem até 30 dias para concluir o inquérito e indiciar os envolvidos.

Entre os 14 presos na operação, há duas mulheres. O líder do grupo, finaliza a PF, já respondia por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e furto qualificado. O bando atuava há três anos praticando fraudes bancárias contra correntistas do Brasil. A identidade dos envolvidos não foi revelada pela Polícia Federal.

Segundo a Polícia Federal, o usuário comum de Internet é o elo mais fraco na cadeia que utiliza os serviços online das instituições bancárias. Segundo o delegado da PF e coordenador da operação Firewall, Francisco Ricardo Lopes Matias, “o cuidado com a máquina (computador) é fundamental”.

O que

ENTENDA A NOTÍCIA

Grupo de criminosos cearenses fraudava contas por meio de programas de computador. Eles enviavam e-mails contendo mensagens que, ao serem abertas, infectavam o computador com um programa rastreador.

SAIBA MAIS

No caso da quadrilha desmembrada ontem, a atuação concentrava-se no envio de e-mails infectados com programas rastreadores de dados. Instalado o programa, o vírus atuava reunindo dados como senha bancária e números de documentos.

Os principais programas que operam assim são os chamados Trojans e Cavalo de Troia.

A PF recomenda que o usuário mantenha sempre o programa antivírus atualizado. Ainda assim, os riscos são grandes.

Ricardo Lopes, da Polícia Federal, disse que técnicos da PF informaram que parte dos programas só são atualizados algum tempo depois de a máquina ser infectada.

O poder de adaptação dos vírus é grande. As precauções consistem em evitar abrir em máquinas particulares arquivos anexados em e-mails cuja procedência seja desconhecida.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 416 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal