Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/11/2010 - administradores.com.br Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes bancárias e a consultoria - brincando de "faz de conta"

Por: Thomas Perlaky

Como contratações podem ser dirigidas e mascaradas.

Muito me surpreendeu a noticia de fraude em uma instituição bancária do nosso país e me surpreendeu não pelo aspecto em si mas por mais uma percepção de como o mercado é corrompido num esforço conjunto de buscar o benefício próprio. Os tempos de se trabalhar pela instituição já se foi e hoje o que notamos são fraudes e informações mascaradas para que o mercado tenha uma percepção positiva da instituição, invista na mesma comprando ações, por consequência seus executivos recebem seus altos bonus e por aí vai.....Falo que a surpresa não foi pelo aspecto em si pois me senti como um dos alvos a serem manipulados e usados como uma espécie de "laranja do colarinho branco". Fui contratado para um trabalho na avaliação da gestão de risco, cobrança mais especificamente na área de cobrança e o que pude avaliar ao longo de 120 dias de trabalho que todas as iniciativas e mensurações não eram levadas a sério e simplesmente descartadas. Políticas de crédito extremamente nocivas que apenas tiravam clientes das faixas de atraso mais comprometidas e com maior percentuais de pdd para faixas menores onde as previsões de prejuízo eram muito mais conservadoras como se fossem clientes com risco menor. Essas políticas traziam clientes para essas faixas menores de atraso e era muito claro que no cálculo das projeções futuras as taxas de rolamento eram muito maiores para esse grupo de clientes e portanto os prejuízos no futuro bem maiores. Ocorre que, se tirarmos um portfolio de clientes com 180 dias de atraso e levarmos para a faixa "Em Dia", e ainda mantivermos esses clientes por 2 meses nessa faixa como uma espécie de carência para que o mesmo se recupere (politica de recuperação), significa que esse mesmo cliente irá para prejuízo gerencial (180 dias de atraso para alguns produtos), ou seja, 8 ou 9 meses após ter sido retroagido para Em Dia. Isso significar que se cria uma bolsa de clientes que vai e volta o tempo todo fazendo com que as perdas de crédito fiquem em níveis aceitáveis e interessantes para o mercado e seus executivos.
Incrível era perceber como os sistemas de controle eram falhos e como não havia interesse em resolver essa questão e agora parece bem claro que a falta de controle é exatamente o melhor caminho para a manipulação dos dados.
Creio que muito ainda pode ser dito a respeito desse processo e eu o farei através desses artigos, mas o importante é percebermos o quanto podemos ser manipulados de forma que apenas forneçamos uma vitrine de que há uma consultoria contratada e cuidando dos interesses dos acionistas. Mal sabem que ainda existe toda uma estrutura articulada e preparada para entrar no "faz de conta" e deixar o mercado, investidores, clientes, funcionários, consultores na platéia imaginando estar numa cena natural e no entanto vivendo um grande e perigoso drama.
Mimha atuação como psicanalista começa a me mostrar importantes situações vividas pelos gestores como a agressividade, o medo, as caipirinhas na hora do almoço.

Sua empresa está nesse caminho? Contrata consultores sem dar o respaldo para que possam ser independentes ou são contratados por aqueles que podem ser os grandes responsáveis pela manipulação? Existem conflitos de interesse nessas contratações? Seus sistemas permitem fazer projeções adequadas? Sua área de cobrança é auditada? Suas políticas de crédito e de renegociação de débitos são validadas por um comitê independente e que possa mensurar e projetar consequências? Existe uma auditoria independente?
Existem muitas outras questões ainda a serem abordadas nesse tema.....

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 169 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal