Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/11/2010 - O Norte Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Patos. Descoberta fraude no auxílio-reclusão

Por: Antônio Ribeiro


A Polícia Federal prendeu na manhã de ontem, em Patos, no Sertão, quatro pessoas suspeitas de fraudes contra o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). O diretor da Penitenciária Máxima Procurador Romero Nóbrega, em Patos, o tenente reformado Francisco Olímpio de Queiroga, foi preso acusado de porte ilegal de armas, mas no final da tarde ele foi solto.

De acordo com informação da PF, os presos na operação - com exceção do diretor - estavam atuando na falsificação e adulteração de documentos para a retirada de auxílio reclusão. Os agentes da PF prenderam o motorista do diretor e um presidiário chamado "Buldogue" que estava cumprindo pena em regime semiaberto. Por se tratar de um militar reformado, Francisco Olímpio foi encaminhado para o 3º Batalhão de Polícia Militar, no município patoense.

De acordo com informações de investigadores, a PF estava apurando o fato há alguns dias. Concluído o trabalho, a PF solicitou da Justiça um mandado de prisão, o qual foi concedido e cumprido. Foram apreendidas armas de uso exclusivo do Exército, que estavam sob o poder do diretor da unidade prisional. A operação foi intitulada "Cara de Pau" pelo fato do grupo ter agido da mesma forma de quando foi descoberto em 2007 pela PF, na região paraibana, na ocasião da Operação Cárcere. Desta vez, segundo a PF, o grupo conseguiu lesar o cofre da União em cerca de R$ 300 mil, com golpes financeiros de até R$ 80 mil. A ação criminosa do grupo estava apenas começando, com 15 fraudes comprovadas. De acordo com a PF, o esquema tinha como resultado a concessão fraudulenta do benefício previdenciário auxílio-reclusão para dependentes de pessoas declaradas reclusas. Através da falsificação de documentos eles conseguiram o dinheiro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 155 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal