Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/11/2010 - Diário de Pernambuco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Tecnologia digital é munição contra fraudes

Por: Jailson da Paz

Além de atualizar o cadastro elitoral do país, metodologia implantada com as urnas biométricas reforça transparência do processo eleitoral.

A tecnologia mudou o processo eleitoral brasileiro. Nas últimas duas décadas, saímos da cédula de papel para o voto no computador. Hoje é consenso que as urnas eletrônicas trouxeram segurança ao reduzir o risco de fraudes. E essa segurança, com a chegada das urnas biométricas, tende a mudar o mapa eleitoral. Ou melhor, enxugar os números. Isso porque o recadastramento para a implantação das novas máquinas apontou um decréscimo médio de 11,5% do eleitorado, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nos 60 municípios onde se votou com esse tipo de urna em outubro. Nos quatro municípios pernambucanos contemplados com essa tecnologia,a queda foi de 19,4%. Se confirmada essa média no futuro, o eleitorado brasileiro diminuiria em 15,6 milhões e Pernambuco, 1,2 milhão.

´Sem dúvida, podemos ter um redesenho do eleitorado brasileiro`, admite o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino. A redução do eleitorado nas cidades selecionadas para dispor de urnas biométricas teria como principal motivo a migração. Para Giuseppe, muitas pessoas se mudam do município de origem, mas fazem questão de manter o laço afetivo e, por isso, o vínculo eleitoral. Como o vínculo é mantido à distância, há dificuldade de comparecimento dos eleitores no recadastramento. Se não aparecem no cartório, há o cancelamento automático do título. Daí, entende o secretário, a queda. Nas cidades do Maranhão, o TSE registrou redução de 22,6%. A média de Alagoas, com 11 cidades incluídas no projeto de biometria, ficou em 20,7%.

Para o coordenador do Núcleo de Estudos Eleitorais, Partidários e da Democracia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Michel Zaidan, o decréscimo do eleitorado tende a retratar um quadro mais próximo da realidade. Zaidan vê na migração um fator importante para a queda do número de eleitores, mas, a seu ver, não seria a única razão. ´O cadastro de eleitores no Brasil é antigo e sujeito a erros. E a nova metodologia, com base na tecnologia digital, deve fazer correções ao atualizar o cadastro`, acredita. A seu ver, o cadastro desatualizado abre possibilidades de fraudes. Isso porque, mesmo depois de mortos, alguns eleitores continuam como aptos a votar, pois os cartórios eleitorais, especialmente do interior, dispõem de estrutura deficiente que não permite a comunicação imediata do óbito à Justiça Eleitoral.

Em um ponto Giuseppe e Zaidan concordam. Ambos veem nas biométricas a garantia de segurança e transparência na eleição. Esses dois fatores, segundo Giuseppe Janino, resultam da eliminação da possibilidade de um eleitor se passar por outro, uma vez que a liberação da pessoa para votar depende da comparação da digital. O mesário só libera o eleitor quando o equipamento não reconhece a digita. Mesmo assim, depois de checada a foto do eleitor. As fotografias constam no caderno de votação montado exclusivamente pela Justiça para as seções eleitorais com urnas biométricas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 144 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal