Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/11/2010 - Diário de Natal / Gazeta do Oeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Funcionário da Sejuc é preso por exigir propina

Por: Gabriela Olivar e Luciano Maia

Funcionário foi detido por pedir dinheiro para arquivar processos administrativos em Mossoró.

O Presidente da Comissão Especial de Processos Administrativos (Cepa) da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), Erivan Leite Fernandes, que tem o dever de investigar administrativamente os ilícitos atribuídos a agentes penitenciários em todo o estado, foi preso em flagrante, na manhã do último sábado, em Mossoró (município a 285km de Natal). Ele teria exigido de dois agentes a quantia de R$ 1,4 mil para arquivar dois procedimentos envolvendo os servidores.

Segundo o promotor de Defesa do Patrimônio Público Fábio de Weimar Thé, o Ministério Público recebeu a denúncia dos próprios agentes penitenciários, que alegam inocência nos processos administrativos envolvendo suposta permissão de entrada de drogas e de uso de aparelhos eletrônicos. De acordo com o titular da Sejuc, Leonardo Arruda, os servidores são lotados na Cadeia Pública de Caraúbas.

Ainda de acordo com o promotor, os agentes marcaram um encontro com Erivan em frente a um posto de combustíveis no centro de Mossoró. No dia e hora marcados, foram acompanhados da Polícia Militar e do próprio Fábio de Weimar. O presidente da Cepa foi detido em flagrante e autuado por concussão (ato de exigir para si ou para outro dinheiro ou vantagem em razão da função), pelo delegado Roberto Moura, na Delegacia de Plantão de Mossoró.

O funcionário público estava detido, até o fechamento desta edição, no 2º Batalhão da Polícia Militar, em Mossoró. Ele é lotado na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e está emprestado à Sejuc desde 2004. O secretário Leonardo Arruda afirmou à reportagem do Diário de Natal que recebeu "com surpresa" a notícia da prisão do presidente, que, durante esses anos em que atua na comissão, não teria dado nenhum indício de corrupção na atividade que exercia.

Ainda segundo o secretário, a Sejuc irá acompanhar as investigações e deve afastar o servidor da atual função. A reportagem tentou entrar em contato com o delegado Teixeira Jr., da 1ªDelegacia de Polícia Civil, que está à frente do caso, mas ele não foi encontrado no distrito nem pelo número do celular.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 327 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal