Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/10/2010 - Engeplus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Casal de idosos perde R$ 31 mil no golpe do milagre dos pães

Por: Daniela Niero


Um casal de idosos , moradores da praia da Caçamba, em Balneário Arroio do Silva, sofreu um prejuízo de R$ 31,8 mil após cair num novo golpe que o delegado Jorge Giraldi, da Central de Polícia de Araranguá, intitulou como “golpe do milagre dos pães”. O vendedor A.B.L., de 30 anos, natural de Gravataí (RS) é acusado de participação no crime

“O casal conheceu o golpista há três anos quando negociaram uma residência. Conforme o combinado eles deveriam fornecer uma certa quantidade de dinheiro em cédulas usadas para que fossem repassadas a uma pessoa, que as trocaria por cédulas novas, e devolveriam uma quantia quatro vezes maior do que haviam entregue”, relata o delegado Jorge Giraldi.

Segundo as vítimas, o álibi usado pelos golpistas foi o de que este senhor precisaria de notas usadas para comprar dólares para fazer transações para o exterior, pois no câmbio não aceitavam notas novas.

“As vítimas providenciaram, por meio de empréstimos, a quantia de R$ 31,8 mil e foram com o dinheiro até Criciúma, juntamente com A. e seu suposto cunhado, nesta terça-feira. Lá se encontraram com um individuo, bem trajado de terno e gravata, que os aguardava defronte a Prefeitura. A este estelionatário foi repassado o dinheiro, sob a promessa que retornaria trazendo a importância de R$159 mil ao casal”, detalha Giraldi.

Em seguida eles pediram para as vítimas aguardarem defronte um Hotel na Avenida Centenário onde seria entregue a quantia, porém, depois de três horas ninguém apareceu.

Mais tarde A. recebeu uma ligação para trazer o casal de volta a Araranguá onde seria entregue o dinheiro e mais uma vez ninguém apareceu.

Agentes da Policia Civil localizaram A. no bairro Cidade Alta onde ele possui uma firma de dedetização. Ele negou a prática do estelionato, diante das vítimas.

Os agentes descobriram que contra Anderson havia uma ordem de prisão expedida pelo juízo da comarca de Espigão do Oeste (RO) pelo crime de constrangimento ilegal. Então ele foi preso e responderá pelo estelionato. A polícia segue os trabalhos investigativos na tentativa de identificar os outros envolvidos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 158 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal