Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/10/2010 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Brasileiro gasta R$ 2.500 com crimes virtuais, diz empresa

Por: Luiz Gustavo Cristino e Marina Lang


O brasileiro gasta, em média, R$ 2.500 para resolver os problemas causados por crimes cibernéticos. O tempo total tomado com o tema é 43 dias, segundo informou a empresa Symantec nesta quarta-feira (27), em evento em São Paulo.

De acordo com os dados da companhia, o Brasil empata com a Índia na porcentagem de usuários da internet que já foram vítimas do cibercrime. Ambos registram índice de 76% na pesquisa, superando os EUA (73%) e ficando atrás apenas da China (83%).

Mundialmente, a pesquisa indica que 65% da população já sofreu algum ataque, sendo 51% dos casos infecções por vírus e malwares. Outros problemas frequentemente enfrentados são golpes on-line (10%) e o phishing -ato de enviar e-mails em nome de pessoa confiável ou empresa, com links mal intencionados-, que representa 9% das ameaças.

Com 7% cada, estão o roubo de perfis em redes sociais, as fraudes com cartão de crédito e o assédio sexual.

Ainda segundo a pesquisa, 41% dos brasileiros afirmam que o crime virtual cometido nunca foi solucionado, enquanto 79% do país não acredita que cibercriminosos serão punidos.

A empresa falou também sobre a integração de seu software com o Facebook. O novo Norton 2011, apresentado hoje, permite que se analise o mural de recados para verificar se há links maliciosos entre os postados pelos amigos.

A Symantec sinalizou, ainda, a intenção de alcançar o mercado de tablets.

"Ainda não temos nada a anunciar nesse sentido, mas estamos buscando levar o Norton a dispositivos que sejam maiores que celulares, mas menores que PCs", afirmou Dave Cole, diretor sênior de produtos Norton.

O Norton 2011 apresenta uma mudança na interface e novos recursos, como o Sonar 3, que identifica softwares suspeitos com base no seu comportamento e toma automaticamente qualquer decisão em nome do usuário. A empresa fez parceria com a fabricante de computadores Positivo para inclusão automática do software em computadores.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 201 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal