Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

23/10/2010 - Jornal da Madeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ detém suspeitos de fraude fiscal e branqueamento

Por: Ferdinando Bettencourt


A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Funchal, anunciou ontem a detenção de duas cidadãs portuguesas e de um italiano no âmbito da “cooperação judiciária internacional”. O coordenador da PJ no Funchal, Ricardo Silva, adiantou ao JM que mais nada poderia adiantar ao comunicado divulgado por esta instituição com a justificação de que o caso em investigação ainda não estava concluído. Precisou que o pedido de cooperação chegou quarta-feira, à noite, e os suspeitos, com idades compreendidas entre os 35 e 44 anos, foram localizados e detidos na manhã do dia seguinte, aos quais tinham sido emitidos mandados de detenção europeus, emitidos pelas autoridades italianas, pela prática dos crimes de fraude fiscal e branqueamento. De acordo com o comunicado, esta operação foi precedida de uma carta rogatória, onde foram efectuadas todas as diligências tidas por pertinentes. Os detidos, presentes no dia de ontem para interrogatório judicial, no Tribunal da Relação de Lisboa, ficou determinado ao cidadão italiano o regime de prisão preventiva, enquanto que as cidadãs portuguesas saíram em liberdade.
De acordo com notícias vindas a público, em causa estará uma “alegada fraude” envolvendo “um grupo de empresas do sector aéreo detidas pelo empresário Giuseppe Spadaccini e que terão participado num esquema ilegal que terá lesado o fisco em 90 milhões de euros”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 210 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal