Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/10/2010 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes atrapalham Censo

Por: Michel Alecrim

Recenseadores dão residências como vagas e tentam receber sem entrevistar morador.

Rio - Fraudes cometidas por recenseadores estão dificultando a conclusão do Censo do IBGE, cujo período de coleta termina no fim do mês. Em vez de insistir para encontrar morador, muitos contratados preferem dar a residência como vaga, mesmo havendo indício de ocupação. Até em sites de relacionamento os maus profissionais ensinam como burlar a pesquisa.

No Estado do Rio, por conta de sinais de fraudes, 7 mil dos 28 mil setores censitários estão passando por revisão. Segundo o chefe da Unidade estadual, Romualdo Rezende, o índice de 10% de domicílios fluminenses vagos está muito acima do esperado. Em alguns lugares, onde houve a volta do supervisor o número de moradores subiu. “Constatamos o problema e bloqueamos logo o pagamento nesses setores”, afirma Rezende.

A população pode ajudar a combater as fraudes, procurando o IBGE caso a pessoa não tenha recebido visita de recenseador. Além do número gratuito 0800-721-8181, o instituto disponibilizou o endereço na Internet www.censo2010.ibge.gov.br/cadastro_nao_recenseado.php. O morador receberá resposta em até 48 horas.

Por conta da dificuldade de se encontrar alguém em casa, recenseadores têm marcado no PDA (computador de mão) a opção “domicílio vago”, como se ninguém morasse ou ocupasse sequer eventualmente o imóvel. Sem medo de punição, alguns confessam a fraude em sites de relacionamento e ensinam os outros a cometerem a irregularidade para receber o pagamento mais rapidamente.

Na comunidade do Orkut “IBGE - Recenseadores 2010”, o usuário identificado como Ordo Skirata diz que “tem gente que não quer atender de jeito nenhum e não quero perder a oportunidade de pegar mais um setor para trabalhar”. Roberto, de Olinda (PE), debocha em português ruim: “Já já axo que coloco como vago”.

Meriti apela para quem não respondeu

A prefeitura de São João de Meriti, na Baixada, está fazendo campanha para que os moradores respondam ao Censo. Até o telefone de supervisores do IBGE foram divulgados. A cidade contabilizou 431.504 habitantes (92% da estimativa), mas o prefeito Sandro Matos acredita que o total é superior a 500 mil.

“Além dos dados estatísticos, o principal é o aspecto financeiro. Receberíamos mais verbas e a população precisa ajudar”, ressalta Matos.

No estado, 92% da população (14,7 milhões) já foram recenseados pelo IBGE. No País, a cobertura está em 95% (181,7 milhões).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 300 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal