Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/10/2010 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dois são denunciados por fraudes em multas

Por: Marcelo Godoy


O Ministério Público Estadual (MPE) apresentou anteontem a primeira denúncia contra a chamada máfia da pontuação. O grupo receberia propina para tirar do prontuário de motoristas pontos de multas, transferindo-os para carteiras de habilitação de pessoas especializadas em receber os pontos, os chamados hospedeiros. Os acusados também cancelariam as multas, causando prejuízo ao Estado.

A ação tem como alvo o delegado Bruno Jacintho de Almeida Júnior e a funcionária pública Cláudia Maria Gavazzi. Ambos alegam inocência. Eles trabalhavam na Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Peruíbe, na Baixada Santista, e foram apontados pela promotoria como "parte de um esquema de quadrilheiros muito grande e com inúmeros tentáculos". A máfia atuaria ainda nas regiões de Campinas e Vale do Paraíba.

A investigação começou depois que o Detran percebeu a existência de pessoas com até 10 mil pontos na carteira. Em outros casos, a pontuação permanecia na carteira do hospedeiro por poucos minutos e apagados em seguida, com a justificativa de terem sido inseridos por engano.

Mais de mil motoristas podem ter sido beneficiados. Cinco deles já foram identificados em Peruíbe e são citados na denúncia. Eles devem ser acusados de corrupção ativa. Já o delegado e a sua subordinada foram denunciados por formação de quadrilha, corrupção passiva e inserção de informação falsa em banco de dados público. Despachantes da Praia Grande também estariam envolvidos no esquema.

O dinheiro do esquema teria sido lavado pelo delegado com a compra de imóveis. O MPE pediu à Justiça perícia contábil para determinar os valores que "foram surrupiados dos cofres públicos", além da continuidade das investigações para identificar os motoristas, a prisão preventiva do delegado e a transformação da prisão temporária de Cláudia em preventiva.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 260 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal