Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/10/2010 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso golpista que enganava mulheres

O ´Dom Juan´ passou por vários Estados e deixou muitas vítimas. Ele seduzia as vítimas e aplicava golpe nas contas.

Um homem, de 30 anos, que seduzia mulheres e aplicava os mais diversos golpes depois que as vítimas "caíam na sua conversa". Este é o perfil de um estelionatário preso, na noite da última quinta-feira (14), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, pela equipe da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF). José Wagner Nogueira Dantas, 30, que costumava usar o nome falso de Carlos Armeiro Bianchi na abordagem às suas vítimas, era chamado na delegacia, ontem, de ´Don Juan´.

"Segundo ele, foram mais de 100 mulheres que ele seduziu do ano passado para cá", disse o delegado Jaime Paula Pessoa, titular da DDF. O Ceará não foi o primeiro Estado da Federação que registrou as ações de José Wagner. Segundo a Polícia, ele já é condenado pela prática de estelionato no Distrito Federal e em Goiás.

"Tínhamos recebido várias queixas na delegacia contra ele. Pelo menos, cinco mulheres nos procuraram para relatar os golpes que sofreram. Mas, ele foi preso de imediato por força dos dois mandados de prisão", explicou Jaime. Utilizando outro nome falso, de Carlos Medeiros, José Wagner casou-se com uma cearense, há um ano e meio. A esposa nunca desconfiou de nada até ser comunicada, pela DDF, sobre a prisão do marido. No Ceará, o estelionatário realizava alguns trabalhos como promotor de eventos.

Banco

De acordo com o que foi apurado pela Polícia Civil, José Wagner conhecia suas vítimas de duas formas: em sites de relacionamentos e em abordagens em restaurantes e shoppings. Depois que envolvia a mulher com sua lábia, aplicava os golpes nas contas delas. "Ele é técnico de informática e se intitula um hacker. Instalava ´Cavalos de Troia´ (vírus) nos computadores das vítimas e obtinha seus dados bancários", diz Jaime.

A lei

5 anos é a pena máxima para o crime de estelionato, previsto no artigo 171 do Código Penal. Geralmente, ele é praticado em conjunto com outros delitos, como falsificação documental.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 676 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal