Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/10/2010 - paraiba.com.br Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Delegado fala sobre dicas de segurança em caso de ocorrência de crime

Por: Paulo Cosme


A onda de violência que acontecendo não só Paraíba como em todo o Brasil levou o delegado do Grupo de Operações Especiais (Goe) a elaborar algumas de segurança que a pessoa deve tomar em caso de ocorrência de crime.

De acordo com o delegado a sociedade está cada vez mais violenta, onde co crimes são perpetrados cada vez mais com requintes de crueldade, frieza e barbaridade. “Por tal fato o cidadão tem que se recordar que o melhor parceiro da polícia é o ele/cidadão, bem como além de Deus e nos casos de violência o cidadão só pode contar em primeiro lugar com a família e depois com a Polícia”

De acordo com Wallber Virgolino a segurança da população também depende da participação efetiva de cada cidadão, uma vez que o crime, muitas vezes, pode ser evitado com pequenos cuidados e hábitos adotados na vida cotidiana.

VEJA AS DICAS DE SEGURANÇA EM CASO DE OCORRÊNCIA DE CRIME:

I – CALMA é o principal mandamento de segurança em caso de ocorrência de crime, depois vem a confiança na polícia.
1- Estabeleça códigos de acesso à sua casa, de maneira que um dos moradores, surpreendido por assaltantes, possa avisar aos outros de que algo não vai bem. Em seguida acione a Polícia Civil.

2- Em caso de assalto, seqüestro, etc., nunca reaja. Acredite sempre que a arma do bandido é verdadeira, está carregada e ele não esta ali para brincadeira. Evite fazer gestos bruscos, que possam ser confundidos com reação de sua parte.

3- Procure estabelecer um dialogo na forma mais cordial possível com o criminosos para acalmar os ânimos e amenizar sua fúria e evite contrariá-los. Em geral, estarão mais nervosos, sobre efeito de drogas e apressados.
4. Ao retirar dinheiro do banco, guarde-o com cuidado em local discreto. Não conte dinheiro em público. Saindo do banco, certifique-se de que não está sendo seguido.

5. Nunca exiba grande quantidade de dinheiro perante outras pessoas. Separe previamente a quantia necessária às suas pequenas despesas (transporte, cigarro etc...).

6. Evite que os idosos andem desacompanhados em locais desertos ou por ruas de comércio muito movimentado, alertando-os para que tomem cuidado com os “contos do vigário”, praticados por marginais bem falantes; cuidado especialmente com pessoas que venham a lhe oferecer terrenos em locais distantes, planos de aposentadoria, jóias achadas na rua, curas milagrosas, correntes e alianças de ouro etc...

7. Aconselhe as mulheres para que levem a bolsa junto ao corpo, protegida pelo braço. Atenção ao zíper.
8. Viajando de ônibus, não abandone nem desvie a atenção de sua bagagem.

9. Evite a ação de ladrões, não ostentando correntinhas ou jóias em locais movimentados.

10. Não conduza consigo objetos de valor, cartões de créditos ou todos os seus documentos, se não houver absoluta necessidade.

11. Não dê informações a ninguém sobre itinerário, hábitos, horários, viagens etc... Alerte sua família e empregados para também procederem assim.

12. Avise, ao perceber que alguém está sendo seguido. Avise também comerciantes e gerentes de bancas, caso notem algum movimento suspeito em torno de seus estabelecimentos. É melhor prevenir que remediar. Na dúvida, chame a Polícia Militar.

13. A vida em nossa cidade é cada dia mais agitada. Isso não pode implicar na falta de diálogo com nossos filhos. Converse muito com eles; é o melhor meio de prepará-los para uma vida adulta sadia e produtiva.

14. Para não aceitarem convites de estranhos para passear em carros, entrar em casas, terrenos ou garagens, mesmo que atraídos pela promessa de doces, chocolates, sorvetes ou refrigerantes. Esse é um recurso bastante usado por maníacos, tarados e seqüestradores. Alerte-as para pedir ajuda a um policial militar.

15. Oriente-os para irem e voltarem das aulas em grupos. Se puder, conduza seus filhos à escola ou entregue-os a pessoas de sua confiança. Uma boa pedida é que vizinhos ou parentes se revezem na tarefa.

16. Tudo na vida tem sua hora, inclusive dirigir e pilotar automóveis e motos. Menor conduzindo veículos representa grande risco para si próprio, para os pais e para terceiros, principalmente se vier a envolver-se em acidentes.

17- Dificulte a vida dos ladrões. Instale grades nas janelas, alarme, cercas elétricas, circuitos internos de TV, olho mágico, trancas nas portas e nos alçapões de teto e habitue-se a usar esses recursos, principalmente à noite quando a casa estiver vazia.

18- Ao viajar, peça a alguém de confiança para que não deixe juntar correspondência na porta. Peça a um vizinho que acione a polícia, caso observe movimento suspeito na casa, durante sua ausência.

19- Os moradores de edifícios devem exigir discrição dos empregados do condomínio, principalmente para que não comentem com ninguém, quais famílias estejam viajando, quais apartamentos estejam vazios ou quais os hábitos e horários dos moradores do edifício.

20- Não adianta deixar lâmpadas permanentemente acesas para simular que a casa está ocupada, é melhor pedir a um vizinho que as acenda só durante a noite ou instalar células fotossensíveis automáticas, ou “timer”.

21- Não abra a porta para pessoas que se apresentem para oferecer serviços não solicitados (encanadores, eletricistas etc...). É útil o uso do interfone.

22- As crianças devem ser orientadas para não abrir a porta para estranhos e nem trazê-los para casa sem autorização.

23- Empregadas domésticas, só com referências anteriores. Saiba o endereço da empregada ou de seus parentes.

24- Pressentindo pessoas suspeitas em elevadores, não entre. Entrando suspeito no elevador, salte em qualquer andar mesmo que não seja o seu.

25- Quando for sair ou chegar em casa, fique atento para suspeitos nas proximidades. À noite coloque os faróis do veículo em luz alta para facilitar a busca por pessoas suspeitas. Desconfiando, dê a volta no quarteirão e chame a Polícia Militar.

26- Suspeitando de que algum ladrão entrou em sua casa quando você estava ausente, não entre: chame o policial militar do seu bairro, pois sempre é possível que os ladrões ainda estejam lá dentro.

27- Tenha anotado em local seguro o número de série de seus bens (TV, vídeo, som, armas, relógios etc...). Em caso de furto, transmita esses dados ao policial militar. Sempre há chances de serem recuperados.

28. Para começo de conversa, não existe nenhum tipo de obstáculo (alarme, trava etc...), capaz de impedir em 100% dos casos o furto de um carro. Esses recursos, porém, dificultarão a ação dos ladrões.

29. O seguro contra roubo e uso de estacionamentos vigiados, entretanto, continuam sendo os meios mais eficazes de se evitar prejuízos, pois os marginais agem rapidamente (até 2 minutos) e com naturalidade.

30. Evite deixar seu carro estacionado na rua, principalmente durante a madrugada. Desligue o carro, retire a chave do contato e tranque o veículo ao estacionar, mesmo que por poucos minutos.

31. Procure estacionar em ruas iluminadas e próximas de locais vigiados dia e noite.

32. Não deixe embrulhos, roupas, pacotes e valises à vista, dentro do carro. Isso atrai os ladrões.

33. Evite namorar dentro do carro, principalmente à noite e em lugares ermos e desertos.
34. Não dê “caronas” para estranhos.

35. Não pare para discutir “fechadas” ou “batidinhas”. É comum que ladrões provoquem isso, só para assaltar.

36. Ao passar por debaixo de viadutos e pontes, fique atento. Objetos podem ser arremedados por marginais contra o pára-brisa de seu veiculo no intuito de forçar sua parada mais adiante para roubá-lo.

37. Procure transitar com vidros fechados, sempre que possível, e com as portas travadas, inclusive procure usar insufilme nos vidros do veículo.

38. Procure ficar atento para perceber se um semáforo vai fechar ou não, se perceber que vai fechar conduza o veículo lentamente a espera que o semáforo abra, nunca deixe o veículo para durante a noite a espera que o semáforo abra e de dia fique atento ao retrovisor de seu carro e mantenha o veículo engatado em 1ª marcha e distante do carro da frente o suficiente para arrancar, em caso de emergência. Esses cuidados são importantes para evitar, principalmente, furtos e roubos praticados por “garupas” de motos, que agem e fogem rapidamente no trânsito.

39. Cuidado com falsos mecânicos, sempre solícitos, que aparecem “milagrosamente” para ajudá-lo em locais ermos, tão logo seu carro entre em pane. Sinalize seu carro e peça apoio para o primeiro carro da polícia que passar por você.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 212 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal