Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/10/2010 - Agência Senado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Eficácia de selo de segurança em medicamentos divide senadores


Não há consenso entre os senadores quanto à eficácia de medida adotada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), determinando que, a partir de 2012, medicamentos vendidos no país devem circular com selo ótico para evitar falsificações. Para Jefferson Praia (PDT-AM), o selo reduzirá a ação dos falsificadores. Já Augusto Botelho (Sem partido-RR) não vê efeitos significativos na medida.

Os parlamentares analisaram a decisão da Anvisa em entrevista à Rádio Senado. A agência prevê que, em dois anos, estarão instalados nas drogarias equipamentos de leitura ótica - distribuídos pela Casa da Moeda ­- para reconhecer a validade do selo. Para Jefferson Praia, a adoção desse mecanismo dará ao consumidor a segurança de que o medicamento que ele está adquirindo é autêntico.

- Acho uma decisão muito apropriada, devemos implementá-la para que tenhamos medicamentos corretos - disse, ressaltando ainda que os falsificadores devem ser "penalizados de acordo com a lei".

Para Augusto Botelho, que é médico, a implantação do selo, além de não ajudar de forma significativa no combate à falsificação de medicamentos, deve ainda aumentar o preço dos produtos.

- É bom ter um selo de segurança, mas o melhor ainda é o Estado fornecer recursos para a Anvisa fiscalizar a fabricação de medicamentos. Quem vai pagar o selo de segurança? O consumidor. Então o custo vai aumentar. E quem for falsificar medicamento, falsifica o selo também. Medicamento, que é o mais difícil, é falsificado, imagine o selo - opinou ele.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 242 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal