Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/10/2010 - Fatima News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Enersul descobriu 36.574 fraudes de energia neste ano


Com base na oscilação do consumo de energia elétrica, a Enersul fiscalizou de janeiro a setembro deste ano 115 mil unidades consumidoras nas 73 cidades que atende em Mato Grosso do Sul e encontrou fraude em de 1/3 delas: 36.574.

São várias irregularidades que vão do chamado “gato”, que é o furto de energia por meio de ligação ilegal, sem passar pelo medidor, a alterações no medidor de consumo.

Nesta quinta-feira, Enersul e Polícia Civil fizeram inspeção em uma loja de piscinas no Jardim dos Estados, em Campo Grande. De acordo com a concessionária, no local a perícia encontrou indício claro de fraude. “O medidor não pode receber avaria”, diz a assessoria de imprensa da Enersul.

Um laudo do Inmetro, que deverá ficar pronto em um prazo de 30 a 45 dias. A perícia da polícia também compareceu ao local e registrou a situação.

No caso, a loja que vende piscinas é suspeita de ter feito um artifício para passar a registrar um valor menor de consumo e poderá responder criminalmente por estelionato.

O delegado Dimitri Palermo explicou que a empresa figura apenas como suspeita.

Advogado do estabelecimento comercial, Donizete Lambóia afirma que vai aguardar o laudo do Inmetro e que, se for o caso, irá contestar o resultado.

Segundo ele, funcionários da Enersul teriam mexido no local onde fica o medidor sem a presença do consumidor. “O STJ tem decidido que o consumidor tem que acompanhar todos os momentos. Se tiver indício de irregularidade, eles têm que chamar o titular”, afirmou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 148 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal